Paranaguá

Suspeitos de homicídios são presos em operação da Polícia Civil

Ultima Atualização: 30.10.2019 às 09:38:26

A Polícia Civil realizou, na terça-feira, 29, e madrugada desta quarta-feira, 3o, a quarta fase da operação Adsumos. Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva expedidos pelas Varas Criminais de Paranaguá, após pedido da Polícia Civil e manifestação positiva do Ministério Público.

De acordo com as informações divulgadas pela 1ª Subdivisão Policial, durante a ação foram presos Juliano Pereira Cardoso, de 19 anos; Luiz Henrique de Lima Costa, de 21; Ednelson Cordeiro Ribeiro, 26, e Leandro Alves Machado, 30. As prisões ocorreram na Vila do Povo e na Vila Divinéia.

As investigações da Polícia Civil apuraram que dos quatro presos, três integram organização criminosa que vem atuando no município, responsável por grande parte dos homicídios ocorridos no ano de 2019. A organização criminosa estaria determinando as mortes de pessoas que, de alguma forma, desrespeitavam as regras impostas pelo grupo.

CRIMES

Juliano Pereira Cardoso, 19, e Luiz Henrique de Lima Costa, 21, são suspeitos do homicídio de Fabrício de Carvalho Silva, ocorrido no dia 22 de agosto de 2019, na Rua Arsênio Bento dos Santos, bairro Labra. A vítima estaria sendo acusada de estupro, razão pela qual o grupo teria determinado sua morte.

Ednelson Cordeiro Ribeiro, 26, e Leandro Alves Machado, 30, são suspeitos do homicídio de Carlos Alberto do Rosário Santos, ocorrido no dia 25 de agosto do corrente ano, por volta das 1h25, no Labra. A vítima, momentos antes da sua morte, teria discutido com uma vizinha, razão pela qual foi determinada sua morte.

De acordo com as informações, as investigações ainda se encontram em andamento e outras pessoas podem ser presas.

Comentários