Destaques

Suspeitos são flagrados com revólver e dinheiro após assalto em panificadora

Ultima Atualização: 12.08.2019 às 22:36:24
ROUBO-PANIFICADORA.jpg

Policiais militares do 9º Batalhão prenderam, no início da noite desta segunda-feira, 12, dois rapazes acusados de roubo em Paranaguá. Com a dupla foram recuperados R$ 900,00 e apreendido um revólver calibre 32 usado na empreitada criminosa.

A ação policial teve início por volta das 18h30, quando uma equipe da PM, que estava em patrulhamento pela Rua Arthur Bernardes, na Serraria do Rocha, desconfiou de três rapazes em duas bicicletas. De imediato os militares resolveram fazer a abordagem e um dos suspeitos, que estava sozinho em uma das bicicletas, acabou fugindo.

No entanto, os outros dois rapazes, identificados como João Lucas Martins Viana, de 22 anos, residente no Porto dos Padres, e Leandro Ramos de Paula Correa, de 28, com endereço na Vila Padre Jackson, foram abordados. Na revista de rotina, com o primeiro suspeito os policiais encontraram o revólver, que estava em sua cintura, e com o outro o dinheiro.

Durante a averiguação, os policiais acabaram descobrindo que os abordados haviam assaltado uma panificadora na região e localizaram o proprietário do estabelecimento, que reconheceu os dois rapazes, além de uma bolsa contendo documentos, que ele disse que também foi subtraída durante o roubo.

Ao ser ouvido pelos policiais, o comerciante contou que quando estava no caixa da panificadora, João Lucas entrou anunciando o assalto e mostrando uma arma de fogo, enquanto Leandro pegou o dinheiro que havia no local e um terceiro suspeito ficou do lado de fora, dando cobertura para que os dois concluíssem o crime.

Conforme o boletim policial, quando foram questionados sobre a origem do dinheiro, os dois rapazes acabaram confessando que tinha sido roubado da panificadora, mas eles alegaram que não sabiam quem seria o terceiro suspeito, que não foi localizado.

Os detidos acabaram encaminhados ao plantão da 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, junto com o revólver e o dinheiro recuperado, para que fossem tomadas as devidas providências.

Comentários