Lazer e Cultura

O Fandango e Poro estão de volta ao Mercado do Café

Tradicional Baile Caiçara volta ao Centro Histórico com animação do Grupo Mandicuera e com o retorno de Poro de Jesus
Baile do Fandango volta ao Mercado do Café
Baile do Fandango volta ao Mercado do Café (Foto: Ivan Ivanovick)

Neste sábado, 27 de outubro, será realizado mais um Baile de Fandango Caiçara em Paranaguá. A promoção é da Prefeitura por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Mesmo sendo realizado a cada duas semanas, o Baile deste sábado terá duas novidades.

A primeira será o retorno do evento para o Mercado do Café no Centro Histórico. O tradicional espaço estava em reformas, recebendo uma nova cobertura com climatização. Agora que as obras foram concluídas, os Bailes também retornam ao local que é mais aconchegante e de acesso mais fácil.

Os bailes estavam sendo realizados no segundo piso do Mercado Nilton Abel de Lima, ao lado da passarela para a Ilha dos Valadares. Acontece que, durante à noite, os elevadores eram desligados e isto dificultava o acesso, principalmente para os mais idosos e com restrições para subir tantas escadas.

Poro está de volta!

Outra novidade que os fandangueiros estão comemorando é o retorno do adufero Poro de Jesus do Grupo Mandicuera. Poro sofreu uma grave enfermidade que o deixou hospitalizado para realizar tratamento intensivo por três meses. Sua recuperação foi lenta, mas ele já está quase 100% e prometeu participar do Baile deste dia 27. Durante a fase mais crítica, no mês de junho, um grupo de artistas se organizou e foram realizadas três noites de espetáculos multiartísticos no Teatro Rachel Costa.

Foi um momento bastante emocionante e de união entre os artistas locais. Todos pediam “Volta Poro!”. Pois bem, agora ele voltou!

Novas formações da dança

Além da volta do Poro, o Baile de sábado terá as participações mais que especiais dos dois novos grupos de Fandango de Paranaguá: Mestre Eugênio e Família Domingues.

O Mestre Eugênio existe desde os anos 90 e foi retomado ano passado. Sua principal característica se encontra na formação, que é composta totalmente por crianças, as quais tocam e fazem o “batido” característico da dança com os tamancos de madeira marcando o ritmo no tablado. Ele é coordenado por Tamizia dos Santos, neta de Eugênio, e ensaia na Casa do Fandango Mestre Eugênio, que fica no Bairro Sete de Setembro, na Ilha dos Valadares.

Já falecido, ele foi o único parnanguara a receber a Comenda da Cultura do Governo Federal, em 2006, durante o Governo Lula. O titular do Ministério da Cultura era o cantor e compositor Gilberto Gil.

Por sua vez, o Família Domingues é comandado por Edson Domingues, o “Pai Taquinha”. Ele é primo do Aorélio Domingues do Mandicuera. Ambos são netos de Rodrigo Domingues. Ele também tem a base da musicalidade caiçara e da fabricação própria artesanal dos instrumentos deste estilo musical. Eles ensaiam há mais de um ano e já contam com uma equipe de batedores e o conjunto completo de instrumentistas. Ou seja, o Baile promete e esta dança típica se renova a cada dia! Amanhece!
 

Poro de Jesus estará de volta no Grupo Mandicuera. Foto: Ivan Ivanovick