Porto de Paranaguá

TCP bate recorde histórico de movimentação de contêineres cheios

Empresa registrou 30.674 unidades movimentadas em agosto, a 2ª melhor marca da história
(Foto/Appa/arquivo)
(Foto/Appa/arquivo)

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, registrou um recorde histórico com a movimentação de 30.674 contêineres cheios no mês de agosto. Essa foi a segunda melhor marca na história do Terminal e representa um crescimento de 10,9% na comparação à média dos contêineres movimentados nos meses de maio, junho e julho.

Mauricio Totti, gerente Comercial da TCP, destaca que os números são resultado dos esforços do time comercial para conversão de novas cargas para Paranaguá. “O Terminal tem trabalhando para atrair novos clientes e, para isso, oferece uma série de serviços que tornam a operação mais competitiva. A conexão com a ferrovia é um desses”, diz.

A TCP é o único terminal de contêineres do Sul do Brasil que conta com conexão ferroviária direta, dentro do pátio, o que o torna líder no mercado brasileiro neste modal. “Essa é uma vantagem que atrai mais clientes, principalmente aqueles que integram a cadeia reefer dos estados de São Paulo, Goiás e do Mato Grosso do Sul, que exportam para o Oriente Médio e para a Ásia”, explica. Neste modal o TCP oferece dois encostes por dia, operando 24 horas tanto na exportação quanto na importação.

Com as bases intermodais operadas pela TCP Log no interior do Estado, a empresa encurta o caminho da planta até o Porto. “Com bases no interior, o cliente não precisa mais ir até o Porto ou contratar um serviço de transporte para retirar sua mercadoria em Paranaguá. A TCP Log oferece esse serviço, facilitando relação com o cliente e tornando a operação muito mais barata”, finaliza.

Sobre a TCP

A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá - um dos maiores terminais de contêineres da América do Sul - e a empresa de operações logísticos TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística para cargas localizadas no Sul e Sudeste do Brasil.

Responsável pelo maior investimento do setor portuário Brasil na atualidade, onde estão sendo aplicados mais de R$ 550 milhões nas obras de ampliação da capacidade de movimentação do terminal dos atuais 1,5 milhão de TEUs/ano para 2,5 milhões de TEUs/ano, a TCP está se preparando para atender a demanda de mercado brasileiro pelos próximos 30 anos.

Desde março de 2018, a TCP integra o portfólio da China Merchants Port Holding Company (CMPort), o maior e mais competitivo desenvolvedor, investidor e operador de portos públicos da China. Atualmente, as operações e investimentos da empresa se estendem pelas áreas costeiras em Hong Kong, Taiwan, Shenzhen, Ningbo, Shanghai, Qingdao, Tianjin, Dailian, Zhangzhou, Zhanjiang e Shantou. A empresa também vem ampliando sua presença no Sul da Ásia, na África, no Mediterrâneo e na Austrália.

Em março de 2018, o portfólio global de portos da CMPort abrangia 6 continentes, 17 países e regiões e 34 portos. Em 2017 a CMPort movimentou 100 milhões de TEUs.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa