Obra do vereador Leite é embargada pela COPEL

por Redação JB Litoral
14/03/2018 13:24 (Última atualização: 14/03/2018)

Flagrante da obra em execução no sábado

Uma denúncia feita pela coluna Doa a quem Doer do JB Litoral nesta segunda-feira (12) sobre uma obra em execução no bairro Vila Nova Primavera embaixo da rede de alta tensão, foi embargada pela COPEL na terça-feira (13), por infringir frontalmente a Lei Federal 11.934/ 2009, em seus artigos 1º, 2º e 3º em Paranaguá.

Obra do vereador Leite é  embargada pela COPEL 2

Embargo da COPEL

No sábado (10) foi constatada a obra em andamento na Avenida José da Costa Leite, que estava sem placa pública ou privada e sendo realizado debaixo da rede de alta tensão, o que é expressamente proibido, diante do perigo de um cabo de energia rebentar e cair nas pessoas, resultando numa possível tragédia.

Nesta semana, o presidente da Associação de Moradores da Vila Nova Primavera, Adriano Godoi, depois de reclamar do embargo feito pela COPEL foi procurado pela reportagem e informou tratar-se da construção de uma cancha esportiva e uma pista de caminhada do vereador Waldir Leite (PSC), atendendo ao pedido dos moradores da região. Segundo o líder comunitário, o vereador fez recentemente uma outra obra semelhante na Vila do Povo.

Com o embargo, Adriano disse que Leite parou a obra e não irá mais continuar. “Já tirou todos os trabalhadores e os materiais dali, porém ficaram as costas as manilhas e obras com ferragens”, disse o presidente do bairro.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Obra do vereador Leite é  embargada pela COPEL 3

Segundo o presidente, o vereador parou as obras

Vereador contesta o presidente do bairro

Procurado pela reportagem o vereador, que foi deputado estadual pelo PPS de 2003 a 2006, afirma que não comentou nada com o presidente do bairro ou qualquer pessoa a respeito da obra, mas admitiu que a população pediu para que o terreno fosse limpo e feito uma proteção em forma de “U” com um piso de pedras no local onde ficam as caçambas, de forma a não ficarem resíduos diversos pelo chão e evitar a proliferação de ratos e outros vetores. “Mas se for para ter problemas com outros órgãos é melhor deixar como está. Ou seja, estacionamento de caminhão. Não sei quem falou de alguma outra obra fora essa, mas não respondo por terceiros”, afirmou o vereador, admitindo que a denúncia foi boa e que o jornal prestou um bom serviço a população em defesa dos bairros.

Obra do vereador Leite é  embargada pela COPEL 4

Vereador contestou o líder comunitário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments