Ônibus intermunicipais do litoral sofrem reajustes e empresa realiza arredondamento da tarifa

por Redação JB Litoral
11/12/2020 18:55 (Última atualização: 11/12/2020)

Segundo a Viação Graciosa, cerca de 20% dos passageiros metropolitanos são isentos das tarifas, por estarem acima dos 65 anos de idade

Conforme adiantado pelo JB Litoral no portal online, as tarifas de ônibus, que realizam as linhas intermunicipais, foram reajustadas e passaram a ficar mais caras para o usuário a partir do dia 1º de dezembro. Com a anuência e regulamentação pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), o acréscimo foi de 2,58%. Mas, segundo o diretor adjunto da Viação Graciosa, empresa responsável pelas linhas metropolitanas do litoral, o montante deveria ser maior se fosse levado em consideração a inflação de insumos e mão de obra do setor.

Os aumentos das passagens de ônibus no estado do Paraná são uma vez no ano. Antigamente existia uma tabela, agora eles utilizam como base os índices da Fundação Getúlio Vargas. Mas, se fosse para a gente se basear em um reajuste tarifário levam em conta a tabela de custos e de rateio. O último cálculo que fizemos é de que teria que ser na ordem de 5%. Apesar de [os 2,58%] estarem muito aquém, é o que pode. Esse é mínimo do mínimo dos reajustes que pudemos fazer”, explica Carlos Cesar Schaedler, diretor adjunto da viação Graciosa.

No início da implementação da mudança de valores, a empresa anunciou que a tarifa passaria então de R$ 6,65 para R$ 6,82. Incomodados, alguns usuários criticaram os números quebrados. Nas redes sociais, Gedião Correia pediu para não ser lesado, “quero meus 3 centavos de troco”, disse. Com a impossibilidade de retornar valores corretamente ao usuário, a Viação Graciosa realizou uma readequação e arredondamento da tarifa.

Depois que entra o reajuste no sistema, a gente protocola junto ao DER um pedido de arredondamento, em função de troco e manuseio de dinheiro. Isso é uma política já utilizada. Qualquer tarifa, por exemplo, que o número quebrado seja R$ 3,49 centavos, reduzimos para R$ 3,00, aquilo que é acima de 50 centavos, arredondamos para cima. Mas, isso é uma análise feita caso a caso, pois a tendência é sempre se houver que fazer isso, que seja para baixo”, explicou Carlos Cesar.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Para os usuários das linhas metropolitanas, a empresa absorveu R$ 0,02 da tarifa, passando de R$ 3,82 para R$3,80.  “No ano passado, nós também absorvemos uma pequena parcela do valor para arredondar as cobranças dos usuários, como eu disse, é uma prática comum para facilitar o manuseio do dinheiro”, reafirmou o diretor adjunto da Viação Graciosa.

Cálculo do índice e passagens para Curitiba

Ônibus intermunicipais do litoral sofrem reajustes e empresa realiza arredondamento da tarifa 2
Itinerários considerados metropolitanos, entre os municípios do litoral, têm valor único e arredondado

Para a definição dos novos valores, o índice do reajuste é determinado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar), que se baseia na Resolução nº 028/2020, homologada pela Secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná, por meio da resolução nº 029/2020. Isso significa que as empresas de ônibus, credenciadas no DER, devem respeitar os aumentos previstos pelos órgãos reguladores públicos.

Os passageiros que realizam o trajeto Paranaguá para Curitiba também terão um acréscimo no valor da tarifa, anteriormente eram cobrados R$ 32,46, agora a nova cobrança passa a ser R$ 33,86, conforme informado pelo DER. No entanto, os preços praticados no site da Viação Graciosa são de R$33,28, incluindo taxas de pedágio, seguindo o previsto na porcentagem anual.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments