Paraná confirma 1.368 novos casos de dengue em uma semana

por Redação JB Litoral
01/03/2016 10:00 (Última atualização: 01/03/2016)

NULL

Em uma semana, o estado do Paraná confirmou 1.368 novos casos de dengue. O boletim divulgado pela secretaria estadual de Saúde nesta terça-feira (1°) confirma ainda mais duas mortes pela doença, além da entrada de duas cidades em situação de epidemia.

Os dados levam em conta o período entre agosto de 2015, até essa terça. A cidade com mais casos é Paranaguá, no litoral do estado, com 2.012 confirmações. Na sequência vêm Londrina, com 1.324 e Foz do Iguaçu, com 1.075.

Com as novas mortes confirmadas, o número de óbitos passou para 13. Deste total, dez foram em Paranaguá, duas em Foz do Iguaçu e uma em Curitiba.

As novas cidades em situação de epidemia são Santa Helena e Medianeira, ambas no oeste. Além delas, fazem parte deste grupo de 18 cidades: Rancho Alegre, Santo Antônio do Paraíso, Mamborê, Cambará, Munhoz de Melo, Itambaracá, Guaraci, Assaí, e Jataizinho, no norte; Nova Aliança do Ivaí, Santa Isabel do Ivaí e Tapira, no noroeste; Foz do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu, no oeste; e Paranaguá, no litoral.

Para um município estar em epidemia, é levado em consideração o número de casos de dengue registrados na cidade – no caso de mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes, já é considerada situação epidêmica.

Dos 399 municípios do estado, 235 já tiveram confirmações de casos de dengue. Destes, 174 tiveram casos autóctones, ou seja, adquiridos na própria cidade.

Zika

Segundo o boletim, são nove novos casos do vírus da zika. No total, já foram confirmados 93 casos, sendo 42 autóctones, que são aqueles contraídos dentro do município, e 51 importados de outros locais.

Chikungunya

O Paraná tem 26 casos de chikungunya, dois autóctones e 24 importados. Os casos autóctones são dos municípios de Mandaguari e Rancho Alegre, ambos na região norte do estado.

Deixe um comentário