Paranaguá é destaque no cenário estadual e traz o 2º lugar do Paranaense de Xadrez

por Redação JB Litoral
29/11/2018 00:00 (Última atualização: 29/11/2018)

Resgatando a fase áurea da modalidade de xadrez na cidade e no Estado, os enxadristas Adalberto Araújo (49) e Jonathan Oliveira (26) foram destaque de Paranaguá no Campeonato Paranaense Absoluto de Xadrez, realizado entre 22 e 25 de novembro em Curitiba.

Organizado pela Federação de Xadrez do Paraná, com apoio da Copel Telecom e Fecomércio, a competição foi disputada no salão de eventos do Instituto de Engenharia do Paraná – IEP e reuniu, ao todo, 47 fortes jogadores que disputaram o título máximo do xadrez no Estado, dentre eles o Grande Mestre Internacional Jaime Sunyé. Após sete rodadas, os primeiros colocados foram os seguintes o campeão foi Vitório Chemin da cidade de Ponta Grossa com 5,5 pontos, seguido pelo vice-campeão, o atleta local, Adalberto Araújo (5,0 pontos) que ficou a frente do Grande Mestre Internacional Jaime Sunyé, de Curitiba, que obteve a mesma pontuação. Outro enxadrista local, Jonathan Oliveira  também somou 5,0 pontos e ficou em quarto lugar. Nas demais colocação ficaram; 5º. Bolívar Gonzalez (Curitiba) 5,0 pts; 6º. Victor Hugo Borges (Londrina) 4,5 pts; 7º. Acyr Calçado (Curitiba) 4,5 pts; 8º. Anderson Dias (Curitiba) 4,5 pts: 9º. Francisco Ermel (Londrina) 4,5 pts e 10º. Hugo Mendonça (Foz do Iguaçu) 4,0 pts.

Adalberto ficou satisfeito e até surpreso com seu desempenho. “A competição foi muito dura, estou há muitos anos sem disputar eventos nesse nível; mas consegui jogar boas partidas contra adversários difíceis e embora não tenha conquistado o título, finalizei invicto”, disse o vice-campeão que, junto a outros jogadores locais, pretende retomar as atividades e fomentar a prática do xadrez especialmente entre os mais jovens. “Todos sabemos dos benefícios que a prática do xadrez proporciona, inclusive com a melhora do rendimento escolar, com o aumento da capacidade de concentração, memorização, raciocínio, além do aspecto da disciplina, do respeito mútuo”, complementou.

Perfis

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Adalberto Marcos de Araújo é advogado, com Especialização em Direito Previdenciário e está concluindo Especialização em Direito Público. Aprendeu a jogar aos 5 anos de idade, mas sua evolução se deu a partir dos 14 anos, com as técnicas ensinadas pelo professor espanhol Domingo Botrán (in memoriam), que à época morava em Paranaguá. É Mestre da Federação Internacional de Xadrez desde 2004 e já foi tricampeão paranaense absoluto, bicampeão regional sul-brasileiro e hepta campeão dos Jogos Abertos do Paraná.

Jonathan de Oliveira é engenheiro de controle e automação, e está finalizando Mestrado em Automação e Sistemas de Energia. Pratica o esporte desde os nove anos. É Mestre Nacional de Xadrez (2018) e umas grandes promessas do esporte no Paraná. Tem participado com destaque em diversos torneios, inclusive de nível internacional. Estuda diariamente as técnicas do jogo e almeja o título de grande mestre, topo na carreira de um enxadrista.

 

Deixe um comentário