Parceria da RM com APAF garante evento sem custo nos ginásios de Paranaguá

por Redação JB Litoral
16/11/2018 00:00 (Última atualização: 16/11/2018)

A semana do feriado de Finados foi de intensa atividade esportiva em Paranaguá, com a realização da 1ª Paranaguá Cup de Futsal, realizada do dia 1º a 4 deste mês nos Ginásios Albertina Salmon e Drº Joaquim Tramujas.

O torneio, promovido e organizado pela RM Eventos Esportivos, em parceria com a Associação de Pais e Amigos do Futsal (APAF), segundo o Promotor Rudy Marsiglio, a estrutura do ginásio, a comodidade de usar a Escola Municipal Sully da Rosa Vilarinho e o fato de se tratar de uma “cidade pequena”, favorecendo a segurança dos atletas, foi o que motivou a escolha pelo município. “Foi um teste, para ver como ocorria e a procura pela competição na cidade de Paranaguá”, alegou.

Sobre a participação da Associação, o organizador informou que a ideia da Copa surgiu devido à cooperação com a entidade esportiva local, que já participa de outros torneios em Curitiba, e com o Quadra 7 Esportes, escola de Curitiba. “Ela entrou com o trabalho de reservar e organizar toda a estrutura física para a realização da disputa, além da colaboração da Fundação que forneceu a estrutura física”, disse Rudy, fazendo referência à Secretaria Municipal de Esportes (SESPOR) ao falar “Fundação”.

Uma informação trazida para o JB Litoral garantia que a RM não havia pago taxa pelo uso dos ginásios e, questionado pela reportagem, o promotor da Copa confirmou o fato. “Esse tipo de evento, normalmente, ocorre em parceria, entre entidades públicas e particulares. Desta forma não é pago nada à prefeitura, que ganha com o movimento na cidade. Afinal foram 28 equipes, sendo que oito de fora, trazendo mais de 300 pessoas que consumiram, movimentando comércio, hotéis, entre outros”, disse.

Copa custou de R$ 7 a R$ 9 mil

De acordo com Rudy, as entidades envolvidas desembolsaram um valor na taxa de inscrição que variou de R$ 180,00 a R$ 250,00 e, segundo o pai de um atleta, também houve o custo do árbitro, que foi de R$ 30 por partida.

Esta questão da arbitragem resultou em polêmica nas redes sociais, uma vez que não foram usados nenhum dos juízes locais e os que atuaram vieram da Capital. Contudo, o organizador se defendeu dizendo que o fato de a RM ser a organizadora e responsável pela atividade na cidade, ela prioriza trazer árbitros que já atuam com ela.

São conhecidos e de confiança da empresa. Normalmente nesse tipo de evento, trabalham árbitros da cidade, quando a prefeitura fica responsável pela arbitragem, ou até mesmo por custear os árbitros, coisa que não ocorreu. Todos eles estão nas competições da RM em Curitiba, explicou.

Com um total de 28 equipes participantes e 67 jogos realizados, a estimativa é de que a empresa recebeu de R$ 7 a R$ 9 mil para a realização da disputa na cidade.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

APAF e Sespor se manifestam

A reportagem procurou a instituição para falar sobre a união que resultou na isenção de taxas para a RM, dos ginásios usados e da cedência da escola municipal.

Por intermédio de sua Assessoria de Imprensa, a entidade disse que intermediou a liberação dos ginásios para a realização do campeonato e alojamento dos atletas de outras cidades que participaram das competições, conforme a Lei de Incentivo ao Esporte 3655/2017 e chamamento público 004/2018.

A prefeitura também foi procurada pelo Jornal e, por meio da Sespor, informou que possui convênio com a agremiação, pelo termo firmado. Razão pela qual, cedeu os espaços solicitados, bem como para os jogos do Campeonato Paranaense de Futsal Série Prata para a APAF e Monte Sião. “Sendo assim, sempre que solicitado pelas entidades que têm convênio com a Prefeitura, pela SESPOR, e havendo disponibilidade, o espaço é cedido. Atualmente são 19 conveniadas com a Secretaria de Esportes”, finalizou.

APAF levou três títulos

No final da disputa, a Associação de Futsal levou três títulos de campeã, nas categorias do SUB 11, 13 e 15, enquanto que a Quadra 7 Esportes ganhou nas categorias SUB 7 e 9. Além das campeãs, participaram da Copa: Carcará Futsal, Máfia Cajuense Futsal, Milenium Futsal, AABB Futsal, ARF Futsal, Fenix Esportes, Leões do Futuro, Academia Furacão Paranaguá e IPEC Futsal.

 

 

Deixe um comentário