Polícia Ambiental descobre depósito de produtos de “vazada” e prende idoso por receptação

por Redação JB Litoral
30/04/2020 16:05 (Última atualização: 30/04/2020)

Policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmbFV) fizeram a apreensão de aproximadamente três toneladas de soja, cevada e outros produtos suspeitos de serem de origem ilícita, que se encontravam em um depósito clandestino na Avenida Governador Manoel Ribas, bairro Dom Pedro II, em Paranaguá. A ação ocorreu na tarde de quarta-feira, 29, e resultou na prisão de um homem de 70 anos pelo crime de receptação qualificada.

De acordo com a ocorrência, os militares, atuantes na Operação Carga Segura, foram até um imóvel na Avenida Governador Manoel Ribas, em atendimento de um ofício do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, com o objetivo de verificar a continuidade ou cessação de atividade potencialmente poluidora no local.

Polícia Ambiental descobre depósito de produtos de "vazada" e prende idoso por receptação 1
No local policiais ainda encontraram contendo entulhos e grande sujeira

Ao chegarem, os policiais constataram que além de um estoque de recicláveis, contendo diversos tipos de entulho e grande sujeira, também funcionava no imóvel um depósito de produtos de varredura, sendo encontradas várias sacas com soja, farelo de soja, cevada e feijão, as quais, juntas, pesaram aproximadamente três toneladas.

O idoso, que se apresentou como o responsável pelo local, afirmou que não tinha documentos que comprovassem a origem dos produtos que estavam ali, sendo que a maior, segundo ele, tinha sido adquirida com usuários de entorpecentes. Como os produtos aparentavam terem sido recolhidos através de vazadas (crime em que os autores abrem bicas de caminhões para furtar a carga que derrama na via), o homem acabou preso pelo crime de receptação qualificada.

Após os procedimentos necessários no local, os policiais encaminharam o idoso ao plantão da Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante.

Polícia Ambiental descobre depósito de produtos de "vazada" e prende idoso por receptação 2
Soja, farelo de soja, cevada e feijão foram encontrados no local

CARGA SEGURA

A operação Carga Segura é uma força-tarefa que envolve outros órgãos de segurança pública atuantes no Litoral do Estado, além da PM. A ação, que teve início no dia 17 de abril, é um esforço para combater as vazadas, além de roubos, furtos e outros crimes. A coordenação da operação ficou a cargo da Polícia Militar e envolve também a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Guarda Portuária.