Polícia Civil incinera 400 quilos de drogas apreendidas em Paranaguá

por Redação JB Litoral
20/09/2017 21:08 (Última atualização: 20/09/2017)

Na tarde desta quarta-feira, 20, a Polícia Civil incinerou aproximadamente 400 quilos de drogas apreendidas em operações policiais em Paranaguá. Após a ação, uma coletiva foi realizada na 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá, ressaltando que dentre os entorpecentes incinerados estavam maconha, crack e cocaína.

De acordo com o delegado operacional e adjunto da 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá, Nilson Santos Diniz, essa grande quantidade de drogas apreendidas e agora incineradas é o resultado do trabalho dos órgãos de segurança em conjunto a sociedade, colaborando com denúncias, e reflete em menos usuários adquirindo substâncias entorpecentes. “Também são menos traficantes que estão obtendo lucro com esta venda ilícita e menos danos à saúde pública do município de Paranaguá”, disse.

Diniz destaca que as drogas foram apreendidas em ações realizadas pela Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Polícia Civil, na prevenção e repreensão ao comércio de drogas.

“É bom deixar claro que não é só tráfico que está sofrendo prejuízo com esta ação. Também estão sofrendo prejuízo os autores de furtos e roubos, pois, reprimindo o tráfico de drogas, você acaba por diminuir também os índices criminais de outras infrações penais. Nós sabemos que furtos, roubos e homicídio, eles possuem vínculo direto com o tráfico de drogas. Então, a retirada destes 400 quilos de drogas, além de representar um prejuízo direto aos traficantes, também nos possibilita que tenhamos uma cidade mais segura”, ressaltou.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

De acordo o delegado, estima-se que o tráfico de drogas em Paranaguá teve um prejuízo de R$ 1.300.000 com os entorpecentes que foram incinerados. “Se estas drogas fossem fracionadas e comercializadas no varejo, você pode multiplicar este valor por mais de trinta. Então, é muito dinheiro. O prejuízo financeiro, provocado por estas apreensões, é imensurável e muitas associações criminosas quebraram em virtude destas apreensões”, finalizou.

As drogas foram incineradas em um forno industrial de uma empresa da cidade, após autorização judicial. Ao todo, foram destruídos 322 quilos de maconha, 42 quilos de crack e 26 quilos de cocaína.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments