Polícia Civil prende casal que usava criança em ritual de magia negra

por Redação JB Litoral
09/10/2017 17:57 (Última atualização: 09/10/2017)

Na data de hoje, Investigadores da 1.ª Subdivisão Policial e do Nucria (Paranaguá) realizaram a prisão de Reinaldo Bucenko Júnior, 55, e Claudia Regina Nonnenmacher, 35, os quais eram investigados pela prática, continuada, da tortura dos dois filhos de Claudia, uma menina de 10 anos e um menino de seis.

De acordo com as investigações conduzidas pelo Nucria, havia indícios de que os pais utilizavam seus filhos em rituais de magia negra. O fato chegou ao conhecimento da Polícia Civil, quando as crianças chegaram à escola, apresentando as lesões, que foram constatadas por uma professora e noticiadas à Delegada titular do Nucria.

Com isso, foi iniciada a investigação policial, no decorrer da qual a autoridade policial do Nucria representou pela busca e apreensão na residência dos investigados. Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, em 19 de Maio, na Estrada do Embocui, Paranaguá, foram apreendidas anotações semelhantes à rituais de magia negra.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

As unidades de polícia Judiciária da cidade já haviam tentado cumprir anteriormente mandados de prisão temporária expedidos em desfavor dos investigados, porém, antes do cumprimento da ordem, ambos foram beneficiados por um Habeas Corpus. Desde sexta-feira, equipes da 1.ª Subdivisão Policial e do Nucria já buscavam localizar os investigados, sendo que, na data de hoje, os dois mandados de prisão preventiva, expedidos pela 1ª Vara Criminal de Paranaguá, foram cumpridos. Enquanto Reinaldo foi preso no entorno da 1.ª Subdivisão Policial, Claudia foi capturada quando recebia atendimento médico no Hospital Regional do Litoral. Agora, ambos se encontram, encarcerados, na 1ª Subdivisão Policial, à disposição da Justiça. As crianças, vítimas, encontram-se sob responsabilidade dos avós.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments