Polícia Civil prende mais suspeitos em investigação sobre quadrilha de assaltantes

Na ação, ainda houve a apreensão de uma adolescente de 16 anos, além de entorpecentes, dinheiro, cheques e objetos suspeitos de serem de origem ilícita

por Redação JB Litoral
19/11/2014 11:00 (Última atualização: 19/11/2014)

NULL

Na continuidade das investigações que no fim de semana culminaram com a prisão de dois suspeitos de integrar uma quadrilha de assaltantes que agia em Paranaguá, policiais civis, sob o comando do delegado Ítalo Cesar Sega, chefe da 1.ª SDP, prenderam na segunda-feira, 17, três adultos pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico de drogas. Na ação, ainda houve a apreensão de uma adolescente de 16 anos, além de entorpecentes, dinheiro, cheques e objetos suspeitos de serem de origem ilícita.

Tudo começou por volta das 12 horas, quando os policiais foram até a Rua Dona Mariquinha, na Ponta do Caju, averiguar informações sobre o comércio de entorpecentes na casa de Robert Constantino dos Santos, o ?Cadiga?, de 25 anos, preso na sexta-feira, 14. Durante o monitoramento da residência, os policiais acabaram descobrindo um esquema para levar drogas para a carceragem da 1.ª SDP, onde ?Cadiga?, está recolhido.Na ação, os policiais seguiram um veículo Citroen Picasso que foi visto parando em frente a casa. O carro foi abordado depois de levar a adolescente até a fila de pessoas que vão visitar os detentos na delegacia. Um cadeirante de 32 anos, que estava na direção do veículo, foi flagrado com 99,9 gramas de maconha e 9,7 gramas de cocaína.

A menor foi abordada em seguida, no momento em que conversava com uma mulher de 22 anos, a qual aguardava a entrada no setor de carceragem para levar a droga que estava com o homem.

Na sequência, os policiais fizeram uma busca na casa na Ponta do Caju e apreenderam mais 8,5 gramas de maconha e encontraram um talão de cheques com registro de roubo e vários objetos sem comprovação de origem. No local, outra mulher de 20 anos foi presa.

Todos os adultos acabaram autuados em flagrante e permanecem presos à disposição da Justiça, enquanto a adolescente foi liberada aos responsáveis após assinar Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC), por ato infracional.

ARROMBAMENTO

Cadiga? tinha sido preso na madrugada de sexta-feira, junto com Alison Kimieck de Almeida, de 20 anos, por arrombar uma loja no Centro Histórico de Paranaguá. Na ocasião, os policiais também fizeram uma busca na casa dele, na Ponta do Caju, e apreenderam relógios, joias e outros objetos levados em arrombamentos e assaltos.

Nesta mesma ação aconteceu a apreensão de drogas e roupas usadas na prática de outros delitos, que foram filmados por câmeras de vigilância, indicando que os detidos fazem parte de uma quadrilha que praticou pelo menos mais três arrombamentos e dois roubos na cidade.

Deixe um comentário