Presos acusados de esfaqueamento e estupro no Jardim Esperança

0
30
NULL

Por volta das 02h10min de sexta-feira, 30, a Policia Militar foi informada pela PM de Curitiba que teria recebido um ligação telefônica de aparelho celular dando conta que três homens haviam invadido um casa em determinado bairro, só que o endereço da rua repassada não existia naquele bairro e sim no bairro do Jardim Esperança.

Após os policiais militares deslocarem para o bairro indicado e não localizarem o endereço repassado, foram até o bairro do Jardim Esperança, no trajeto para o bairro se depararam com um individuo com as mãos e vestes sujas de sangue o qual indagado não forneceu dados suficientes para comprovação do sangue, neste momento os PMs visualizaram e abordaram dois indivíduos sem capacetes em uma moto de Suzuki JTA-EM 125 Yes, cor preta, Placa DTO-5120, com um saco contendo vários objetos e também sujos de sangue, igual ao primeiro abordado, quando realizavam a busca pessoal em ambos.

A Central de Operações do 9º BPM repassou aos Policiais que na Rua dos Macucos no Jardim Esperança havia um homem esfaqueado, os Policiais então deslocaram com os três suspeito detidos que foram imediatamente reconhecidos pela vítima como sendo o trio que teria invadido a casa e estuprado uma mulher de 28 anos, o qual estava com seus dois filhos menores de 02 e 04 anos no ato do estupro, com o seu pai de 59 anos, que foi agredido a facadas e com golpes de facão, quando foi defender a filha para que não fosse violentada.

Segundo relato das vítimas, os bandidos invadiram a casa pulando o muro por volta da 01h00min e por aproximadamente 1 hora aterrorizaram, torturaram, espancaram e esfaquearam as vítimas, em seguida fugiram levando a moto da família e vários pertences, os indivíduos que foram abordados ainda com as facas e facão usados para aterrorizar as vítimas foram identificados como sendo Donizete Machado da Luz, 22 anos, natural de Cerro Azul-Pr e morador na Vila Garcia, Nélio Roberto Mendes Ferreira, 30 anos, natural de Paranaguá, morador na Vila Garcia e Leônidas Silva, 27 anos, natural de Morretes-Pr, todos com passagens pela Policia, sendo que contra Nélio já havia um mandado de prisão por estupro e atentado violento ao pudor, todos foram encaminhados para a Delegacia para os procedimentos legais e as vítimas para o Hospital para atendimento médico.        

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here