Porto contribui para o desenvolvimento social e econômico de Paranaguá

por Redação JB Litoral
28/07/2015 12:00 (Última atualização: 28/07/2017)

NULL

O Paraná comemora nesta quarta-feira, 29 de Julho, o aniversário de sua mais antiga cidade, Paranaguá, que completa 367 anos. Histórica e turística, com 149.467 habitantes, polo do Litoral do Estado, Paranaguá abriga um dos principais terminais marítimos de escoamento da produção agrícola do Brasil. É o sexto maior PIB (Produto Interno Bruto) do Paraná.

“O Paraná começou por Paranaguá, daí seu inestimável valor histórico para o Estado”, afirmou o governador Beto Richa. “Cidade de peso, entre as dez mais populosas do Estado, Paranaguá é um centro turístico e hoje consolidada como o grande corredor de exportações do Estado. História, economia e desenvolvimento se cruzam nesta cidade que é orgulho dos parnanguaras e de todos nós paranaenses”, afirmou

Richa ressaltou os investimentos feitos pelo Governo do Estado no Porto de Paranaguá e em melhorias em áreas essenciais para a população, como saúde, habitação, atendimento social.

20 MIL TRABALHADORES – O governador afirmou que a atividade portuária tem papel fundamental na economia do Estado e de Paranaguá. São mais de 20 mil trabalhadores envolvidos diretamente neste setor e 21 grandes empresas arrendatárias que atuam nas áreas do porto, gerando empregos, tributos e desenvolvimento para o município.

Apenas entre os anos de 2011 e 2014, o Governo do Estado investiu R$ 511 milhões no Porto de Paranaguá em infraestrutura, obras e novas tecnologias. A previsão é que os investimentos em infraestrutura ultrapassem R$ 626 milhões até o final de 2016.

“Nesta data em que Paranaguá comemora 367 anos de emancipação política, contabilizamos importantes avanços, em prol da do desenvolvimento do Porto e da cidade”, afirma o diretor presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

Algumas mudanças foram fundamentais para o aumento da produtividade no Porto de Paranaguá, entre elas, a troca de dois shiploaders (equipamento que carrega com grãos os navios cargueiros), substituindo máquinas de 1970 e 1980.

Com isso, foi possível aumentar em 33% a produtividade no carregamento de navios. Outros dois novos carregadores deverão entrar em operação no mês de agosto. Também foram adquiridos 10 novos guindastes e três campanhas de dragagem ampliaram o canal de acesso ao Porto de Paranaguá.

BENEFÍCIOS– Além dos investimentos no Porto, a Appa também contribui para o desenvolvimento da cidade. Para a revitalização da Avenida Bento Rocha estão previstos R$ 15 milhões. A obra incluiu a renovação da pavimentação de 2,8 quilômetros da via, a drenagem correta do terreno e a construção de uma ciclovia no trecho.

A revitalização da avenida será feita no trecho que vai desde a ponte do Rio Emboguaçú até a avenida portuária. O processo licitatório está em andamento e a ordem de serviço deverá ser assinada após a conclusão do processo.

Outro importante investimento para Paranaguá foi a iluminação de toda a área portuária, totalizando cerca de R$ 21 milhões, com a troca de lâmpadas tradicionais por LED. Além de economizar energia, as novas lâmpadas são mais potentes e estão contribuindo com a segurança nestas áreas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

RESÍDUOS SÓLIDOS – Desde 2013, o porto conta com um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Ao todo, são investidos mais de R$ 1,7 milhão por ano em ações de coleta de lixo, distribuição de caçambas para a separação correta dos resíduos e a varrição diária das vias de acesso, ruas e avenidas, localizadas no entorno da área portuária, no cais do Porto e nos terminais portuários.

Além disso, o Porto de Paranaguá possui 60 pontos de coleta seletiva para materiais recicláveis espalhados por toda a área portuária da cidade. Foram instaladas mais de 100 caçambas.

Em média, são varridos 361 toneladas de resíduos orgânicos por mês. Somente em 2014, foram coletadas mais de 9 mil toneladas de resíduos.

A estudante, Lorena da Silva Farias, moradora do bairro Costeira e vizinha do Porto de Paranaguá, conta que a melhoria é visível. “As ruas estão limpas como há anos não víamos. Além disso, com as ações de limpeza, a Appa conseguiu reduzir muito a incidência de animais vetores como ratos e pombos “, declarou Lorena.

HARMONIA – O Porto de Paranaguá desenvolve projetos e ações visando convivência harmônica entre o Porto e a cidade. “O objetivo é estabelecer o diálogo entre a população e o Porto, ouvindo suas demandas e orientando os setores que se desenvolvem a partir da atividade portuária”, explica o diretor comercial da Appa, Lourenço Fregonese.

Já foram realizadas mais de cem ações educativas, como palestras, mutirões de limpeza e oficinas, tanto em Paranaguá, como nas 11 comunidades existentes nas ilhas da baía de Paranaguá. A Appa também promove uma atividade mensal no Pátio triagem de Caminhões, voltada aos cerca de 2,5 mil caminhoneiros que passam pela cidade para descarregar no Porto. Na última edição do Porto em Ação, foram realizadas palestras de orientação e combate à exploração sexual.

Outra importante iniciativa do Porto, em parceria com a Prefeitura de Paranaguá, foi o lançamento do Programa Porto Escola, que aplica noções de sustentabilidade e segurança para os alunos do 5°ano da rede municipal de ensino.

Em apenas três meses de programa, mais de 600 alunos já visitaram o porto. Até o início do ano que vem, outras 60 escolas e mais de 2 mil alunos participarão da ação.

No que se refere a segurança, o Porto investiu na elaboração do Plano de Auxílio Mútuo (PAM), formado por 28 empresas que operam terminais líquido no Porto de Paranaguá. O Plano consiste em uma sequência de ações em casos de incêndio ou explosão. Além do Plano de Auxílio Mútuo, a Administração dos Portos possui um Plano de Controle de Emergência, que inclui ações de mitigação em caso de acidentes como incêndios, explosões, acidentes ambientais e acidentes com vítima.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments