Ednei Domingos é reeleito para novo mandato no Sindibloco em Paranaguá

0
6
ednei-domingos-e-reeleito-para-novo-mandato-no-sindibloco-em-paranagua

Em votação realizada no final do mês passado, o Sindicato dos Trabalhadores do Bloco de Paranaguá e Antonina (Sindibloco) reelegeu, para um novo mandato durante os próximos três anos, o Presidente Ednei Domingos Silveira, eleito por aclamação, por chapa única em Paranaguá.

O processo eleitoral foi comandado por presidentes e dirigentes sindicais da Intersindical de Paranaguá, composta por trabalhadores portuários avulsos (TPA’s) das seis atividades que atuam na faixa portuária.

A princípio seriam três chapas participando da eleição, no entanto, após consenso com a categoria, duas desistiram do pleito. Com 154 votantes, Ednei foi aclamado presidente com 140 votos válidos, 12 em branco e dois nulos. “A proposta agora é manter o que já foi conquistado nas outras gestões”, diz o presidente.

Ele faz parte do Sindibloco desde 1993, onde está em seu quinto mandato. “Participei de uma gestão como fiscal geral, outra como tesoureiro e agora estou na terceira como presidente”, declara.

O Sindicato do Bloco tem a prioridade de atuar na faixa primária da área de porto organizado da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), exercendo serviços de limpeza e também outras funções que são requisitadas pelo Órgão Gestor de Mão de Obra Portuária (Ogmo), fornecendo trabalhadores portuários avulsos (tpas) para operação portuária na movimentação de navio a todos os tomadores de serviço no porto.

Além do presidente fazem parte, da atual Diretoria Executiva, o Secretário Sérgio Luiz Cardoso e o Tesoureiro Elias da Silva Oliveira.

Em 2013, Ednei afirmou que apenas 30% dos trabalhadores tinham capacitação para atuarem em outras funções, em razão de cursos de multifuncionalidade realizados pelo Ogmo. À época, os cursos ainda não estavam liberando capacitação suficiente. Atualmente, o presidente afirma que 100% dos associados estão capacitados, por meio de cursos oferecidos pelo Órgão Gestor.

Hoje todos podem trabalhar em todos os sindicatos, por meio de um acordo multifunção, assinado pelas associações e pelo Sindicado dos Operadores Portuários do Estado do Paraná (SINDOP)”, diz.

Segundo ele, o Sindibloco fez um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) em 2018 com a Empresa Fransilva Operações Portuárias, o que permitiu que a categoria realizasse novamente os trabalhos habituais, como o batimento de ferrugem, lavagem, pintura, entre outros serviços que estão inclusos na Lei Federal 12.815/2013, conhecida como a Lei dos Portos.

Fazia mais de 20 anos que o Bloco não trabalhava nessa faina, e a diretoria atual fechou esse acordo coletivo de trabalho, aumentando as oportunidades para os trabalhadores”, declara Ednei.

Comentários e Opiniões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here