Porto de Santos registra primeiro caso da Covid-19 entre estivadores

por Cristian César de Oliveira [email protected]
13/04/2020 10:01 (Última atualização: 20/05/2020)

Homem está internado e entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Guarujá

O Porto de Santos registrou o primeiro caso de coronavírus entre os estivadores. O trabalhador, que já confirmou a doença por intermédio de exames laboratoriais, está internado e entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Guarujá.

A informação é do Sindicato dos Estivadores de Santos e Região (Sindestiva). Segundo a entidade, outros dois funcionários estão internados e aguardam o resultado de exames – um em Santos e outro em Praia Grande. E, de acordo com o diretor beneficente do Sindestiva, Sandro Olímpio da Silva, há, ainda, um outro que passa por tratamento após contrair a doença de um parente. “Ficamos ainda mais preocupados com a falta de proteção dos trabalhadores durante o trabalho. Precisamos de máscaras e outros equipamentos de proteção”, afirmou Silva.

O sindicalista aponta a necessidade de cumprimento, pelos operadores, da resolução da Autoridade Portuária de Santos que determina a disponibilização de estações de higiene para uso dos funcionários antes dos embarques em navios. Segundo ele, só dois operadores seguiram a medida. A categoria vai recorrer à Prefeitura.

Procurado, o Ogmo informou que ainda não recebeu qualquer comunicado de trabalhador infectado e, ainda, que a entrega de máscaras é feita conforme a demanda de cada operador. O Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (Sopesp) não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Fonte – www.atribuna.com.br