Prefeito de Pontal diz que a falta de dinheiro não é um dos problemas do município

por Maisy Pires
11/01/2021 13:24 (Última atualização: 2 semanas atrás)

Rudão leva o nome de seu pai que foi prefeito de Pontal do Paraná (Foto: Maisy Pires/JB)

O prefeito de Pontal do Paraná, Rudisney Gimenes Filho, o Rudão Gimenes (MDB), concedeu uma entrevista coletiva na tarde do último sábado (9), no prédio da Prefeitura de Pontal do Paraná, para esclarecer a atual situação dos departamentos públicos. 

Rudão assumiu a prefeitura no dia 1º de janeiro de 2021, no lugar do prefeito interino Fabiano Alves Maciel, o Binho (PV). O atual gestor falou sobre as primeiras ações como prefeito. “A primeira semana foi intensa. Ficamos no gabinete tomando decisões importantes. Pouco pude sair do gabinete, pois fiquei alinhando o fluxo de atendimento e, principalmente, o time que trabalhará ao meu lado”. 

Ele ressaltou, ainda, que a questão financeira não é problema para o município. “Percebi que o maior problema não é a falta de dinheiro, mas sim a desorganização, falta de liderança, tanto do prefeito quanto dos secretários, as coisas não funcionavam de forma harmônica”.   

De acordo com Rudão, o município tem dinheiro. “Nós temos R$ 22 milhões em caixa, sendo que R$ 14 milhões já estão destinados. Ou seja, tem dinheiro sobrando, mas na administração pública sobrar dinheiro não é sinônimo de boa gestão. Seria como passar fome com dinheiro no bolso”, salientou. 

Segundo o prefeito, uma das principais arrecadações da cidade é o ICMS da Techint Engenharia e Construção S/A e a Confab Industrial S/A. “A maior preocupação é o próximo ano porque neste ano ainda temos a arrecadação do ICMS da Techint, mas ano que vem não teremos, são R$ 40 milhões a menos. Temos que conter as despesas agora para que, no próximo ano, possamos pagar as contas”. 

Prioridades 

Rudão Gimenes detalhou os principais problemas de cada secretaria municipal e o que será feito nos primeiros meses. “Eu e os secretários nos reuniremos todas as terças-feiras para discutirmos os principais desafios. Estou tranquilo, pois temos um time composto por pessoas que já trabalharam com meu pai (ex-prefeito de Pontal) e em outras gestões. Agora, estamos remanejando os funcionários e destacando as deficiências de cada pasta. Até peço desculpas aos servidores, pois alguns estavam em desvio de função e pedimos para que retornassem às funções originais. Muita gente ficou um pouco perdida, mas é uma medida necessária para que possamos ir alinhando as coisas”. 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Principalmente por conta da pandemia, a Saúde está recebendo uma atenção especial. “De início, determinamos que todas as unidades de saúde façam atendimento dos casos de COVID. É importante que toda a equipe tenha os cuidados de higiene e proteção, pois todos estão expostas ao vírus. Além disso, mantivemos a estrutura do Posto 24h de Praia de Leste”. 

Atualmente, há dois locais de testagens no munícipio. “Mantivemos o ponto de testagem em Praia de Leste e abrimos outro no balneário Shangri-lá, na secretaria de Educação. É importante reforçar que disponibilizamos um 0800 para fazer o agendamento, evitando que a pessoa fique esperando para realizar o teste”. 

Atendimento COVID 

  • Central (COVID anexo ao Posto de Saúde 24h) – PR-407 / KM 19 – Praia de Leste 
  • Secretaria de Educação – Rua dos Corais, 1284, Shangri-lá 
  • Agendamento: 0800 885 8421 

Gimenes diz que as alterações assustam no começo, mas são necessárias. “Não acertaremos de primeira, mas as mudanças são necessárias. Do jeito que estava não dava para continuar”, completa o prefeito.

2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments