Prefeito diz que Hospital Municipal de Morretes é um “poço sem fundo”

Segundo ele, quanto mais dinheiro é investido no local, mais necessidades ele apresenta. 

por Redação JB Litoral
25/02/2016 10:00 (Última atualização: 25/02/2016)

NULL

No último dia 03, o prefeito Hélder Teófilo dos Santos (PSDB) participou da abertura dos trabalhos da Câmara de Morretes. Entre vários assuntos abordados, um deles foi o Hospital e Maternidade Municipal Dr. Alcídio Bortolin, que passa por uma reforma estrutural e reforço no efetivo de atendimento. Segundo o prefeito, o local é “um poço sem fundo”, pois quanto mais investimentos se fazem, mais necessidades são verificadas.

“O Hospital é um poço sem fundos, pois quanto mais dinheiro é investido mais necessidade tem. O município passa por momentos difíceis, mas tem algumas coisas que são altamente gratificantes”, ressaltou. Segundo Hélder, a prefeitura está atuando no local com elaboração de metas e controle de ações em todos os setores. “Estamos fazendo adequação do protocolo de intervenção para agilização no processo de atendimento ao público, adequação dos espaços físicos para melhoria do fluxo de trabalho, programa de imunização, dispensa pela prefeitura dos serviços da empresa e realização do PSS (Processo Seletivo Simplificado), central de materiais esterilizados, cursos e treinamentos realizados e melhorias no setor de controle de infecção hospitalar”, completa.

Segundo o prefeito, as ações que estão sendo feitas “são muitas, sempre beneficiando a população”. “Além disso, é muito importante a ajuda desta Casa de Leis na condução de Morretes, pois os vereadores, assim, não estarão ajudando ao prefeito e sim à sociedade. A nossa única saída atualmente é a reestruturação da prefeitura porque, realmente, quando assumi, esta gestão estava sucateada”, diz o prefeito, frisando que levou muito tempo para justificar as contas do ex-prefeito Amilton de Paula e iniciar sua gestão, que inclusive, está no último ano, porém pode ser estendida, caso Hélder se reeleja.

“Fico feliz por estar aqui, lembrando que já fui vereador e presidente da Câmara. Viemos trazer mensagens de otimismo com relação às ações que estão por vir, que são muitas. Trabalharei até o último dia como se fosse o primeiro dia do meu governo”, finaliza Hélder.

Municipalização do hospital

A vereadora Flávia Rebello Miranda (PT), que pertence à ala de oposição à Hélder na Câmara, apesar de tecer algumas críticas ao prefeito, ressaltou que “fica contente em ver o esforço feito no nosso Hospital, apesar das reclamações contundentes, cumprindo Legislação Federal”, ressalta. “A finalização do Hospital Dr. Alcídio Bortolin é interessante, pois passou a legislatura passada e atual cercada de irregularidades. A municipalização do hospital é boa, pois os cidadãos precisam saber de quem realmente é o espaço”, finaliza a legisladora.

Deixe um comentário