Prefeitura prevê gastar quase meio milhão de reais na aquisição de medalhas e troféus

por Redação JB Litoral
31/01/2019 15:38 (Última atualização: 04/08/2020)

O Observatório Social de Paranaguá (OSP) deve protocolar um ofício, ainda nesta semana, na Prefeitura da cidade, contestando o pregão eletrônico nº 030/2019, que prevê a aquisição de medalhas e troféus, em atendimento às Secretarias de Cultura e Turismo, Esportes e de Administração, no valor de R$ 464.939,88. São solicitadas 15.621 medalhas e 1.265 troféus, para distribuição em eventos e competições municipais realizadas dentro do prazo de um ano.

De acordo com a Secretaria Municipal de Esportes (SESPOR), a elevada quantidade de troféus e medalhas é necessária devido à demanda da Secretaria no atendimento aos eventos esportivos a serem realizados, durante este ano, nos Ginásios Albertina Salmon e Joaquim Tramujas, em bairros da cidade e para a Corrida Rústica de Rua.

Uma das justificativas para a aquisição das mais de 16 mil premiações, dada pela Secretaria de Esportes, é que serão realizadas cinco corridas até o final de 2019, compostas por 500 atletas cada, os quais receberão medalha de participação independente da colocação. Além disto, é informado que estas corridas terão 22 categorias, divididas em 12 no masculino e 10 no feminino. Serão distribuídos troféus para o primeiro colocado em cada categoria e para os três primeiros na classificação geral. No entanto, não se tem como afirmar a quantidade de participantes.

O documento mostra, também, que o Campeonato Municipal de Futsal e a Copa Paranaguá de Futebol de Salão exigirão uma grande quantidade de medalhas, visto que terão duas edições, com 12 categorias em cada campeonato. Entre outras inúmeras competições programadas para acontecer durante este ano.

De acordo com o Presidente do OSP, Jefferson André Laurindo, o ofício de impugnação será protocolado nesta semana. “Há uma grande quantidade de itens que são somente suposições de uma quantidade de participantes, não há nada que demonstre como essa quantidade foi estimada”, diz.

4.5 mil medalhas para 3 eventos esportivos

Um exemplo são os Jogos Escolares Municipais, Festival das Estafetas e Jogos da Primavera, nos quais o edital afirma que é “impossível relativizar a quantidade de modalidades e atletas que participarão” destes eventos, sendo assim, solicita 1.500 medalhas para cada um, totalizando 4.500 para os três.

Já para os Jogos Escolares, de acordo com o edital, serão 15 categorias e mais de 130 equipes. Para contemplar a quantidade de participantes estimada, é solicitado, apenas para esta competição, 1.350 medalhas e 152 troféus.

Segundo o Vice-presidente do Observatório Social, Luciano Costa, o órgão solicitará um histórico que comprove a demanda de 500 participantes em quatro corridas por ano, bem como em outras competições. “Também achamos que são muitos times por competição de futsal, não existem tantos times em Paranaguá, ainda mais infantil”, declara.

O edital também traz outras estimativas de medalhas e troféus para diversas disputas, como o Campeonato Futebol de Campo Amador, que abrange sete categorias, com 12 equipes cada e duas edições em 2019.

Além disto, o documento afirma que serão realizados o Projeto Verão Legal, Beach Soccer, Circuito Brasileiro de Handebol de Areia, Jogos dos Servidores da Prefeitura de Paranaguá, Jogos Escolares Municipais, Festival das Estafetas de Paranaguá, Jogos da Primavera, Jogos Abertos de Paranaguá, Prêmio Servidor Destaque, festivais e gincanas a serem promovidos pela Secretaria de Cultura e Turismo, como o Festival de Teatro de Paranaguá, Festival de Música Livre, Desfile das Escolas de Samba e gincanas nas ilhas da cidade.

Valor dos itens mais que dobrou

O valor médio unitário de cada troféu, trazido pelo edital, para as premiações chama a atenção. O Executivo irá investir até R$ 179,67 por prêmio, gastando um total de R$ 227.282,55 por 1.265 troféus. Em 2017, o valor unitário, para licitação do mesmo tipo, saiu por R$ 85,27. Sendo assim, este ano, o custo de cada um aumentou em 110%.

O preço de cada medalha também superou mais de 100% em relação a 2017, quando o valor unitário foi de R$ 5,62 em relação a um modelo e R$ 5,17 a outro. Neste ano, o custo será de R$ 16,30 em um padrão e R$ 13,27 no outro, totalizando R$ 237.657,33 para 15.621 medalhas. Ou seja, o custou quase triplicou, subindo 190% nas medalhas.

Deixe um comentário