Presos fogem da delegacia de Matinhos que foi inaugurada no mês passado

por Redação JB Litoral
22/05/2017 12:04 (Última atualização: 19/01/2018)

Na madrugada de sábado, 20 de maio, quatro presos conseguiram fugir da Delegacia Cidadã, que foi inaugurada recentemente, na cidade de Matinhos. Após serrarem as grades da cela onde estavam eles ganharam às ruas.

Os fugitivos são Cristopher Padilha Marcura, de 25 anos; Daniel Batista Junior, 24; Luís Ricardo Gomes Hornes, 24, e Waltecir de Paula, de 36. Informações que possam levar aos foragidos podem ser repassadas pela população por meio dos telefones 190 da Polícia Militar ou 197 da Polícia Civil.

A Delegacia Cidadã foi inaugurada em Matinhos no dia 27 de abril de 2017 e, conforme informado pela Agência Estadual de Notícias, a estrutura não possui carceragem. Há apenas uma cela, pequena, para custódia provisória de presos, que devem permanecer no local enquanto for necessário colher os depoimentos para o inquérito policial. Construída em uma área de 2.268 metros quadrados, a edificação está dividida em dois pisos. Todas as etapas das obras foram acompanhadas e fiscalizadas pela Paraná Edificações. Um mês após sua inauguração e já ocorreu a primeira fuga de presos.

 

LEIA TAMBÉM:

Nova delegacia de Matinhos moderniza o atendimento da Polícia Civil

A população de Matinhos, no Litoral do Paraná, passa a contar, a partir desta quinta-feira (27), com uma Delegacia Cidadã, unidade da Polícia Civil que se caracteriza por um conceito de serviço humanizado. “Aqui teremos um atendimento mais humanizado, com áreas isoladas para mulheres, crianças, idosos. Não teremos carceragem, apenas celas para custódia daqueles que aguardam transferência para outros municípios. Estamos começando aqui por Matinhos e vamos levar para outros municípios do Paraná”, disse o governador Beto Richa ao inaugurar o novo espaço.

A estrutura recebeu investimento de R$ 4,5 milhões do Governo do Estado. Já na solenidade, o governador também assinou autorização para a licitação da Delegacia Cidadã de Paranaguá, no valor de R$ 6 milhões.

“Já identificamos uma área própria do Estado, vamos licitar e começar o mais rápido possível esta obra para que Paranaguá tenha esta mesma conquista de Matinhos”, disse.
A Delegacia Cidadã não possui carceragens. Há apenas uma cela, pequena, para custódia provisória de presos, que ficarão no local enquanto for necessário colher os depoimentos para o inquérito policial.

Um posto do Instituto de Identificação do Paraná funcionará no mesmo espaço. O governador acompanhou a confecção do primeiro RG emitido pelo Instituto, para um cidadão de Matinhos.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

“Estamos muito orgulhosos de que a primeira delegacia cidadã do Paraná tenha sido inaugurada no nosso município. É uma obra muito importante, nem parece uma delegacia e é esta a ideia do governador, de mudar a cara do lugar. O cidadão vai ser atendido com muito mais rapidez e facilidade”, afirmou o prefeito de Matinho, Ruy Hauer.
PARANÁ SEGURO – A delegacia cidadã é um dos elementos mais importantes, dentro da série de ações que integram o programa Paraná Seguro, segundo o secretário estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita. “É um ambiente estudado e preparado para o atendimento ao cidadão. Um lugar apropriado para o trabalho cartorário, de investigação e inquérito policial”, disse ele.

Mesquita ressaltou que, em 2016, a Secretaria da Segurança teve suplementação orçamentária de R$ 110 milhões e que, imediatamente foram adquiridos novos coletes para os policiais, armas mais adequadas, 1.100 novas viaturas. “Além disso foram contratados mais policiais militares, que já estão nas ruas. O reflexo está sendo sentido nos primeiros meses de 2017. Constatamos diminuição dos índices criminais por conta de uma atividade preventiva e uma qualidade melhor nos inquéritos de investigação da Polícia Civil”, explicou.

“Não estamos inaugurando uma nova delegacia e sim um novo conceito de delegacias no Paraná. Ela traz mais dignidade e condições de trabalho aos policiais. Tudo que necessita para o bom desempenho da polícia judiciária. Mas, muito mais que isso, respeito ao cidadão paranaense”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Cezar dos Reis.
Para o delegado titular da Polícia Civil de Matinhos, Max Dias Lemos, a nova estrutura humaniza o atendimento à população. “Mais do que uma delegacia, é um centro de promoção da cidadania. Temos todo um ambiente para tratar a pessoa como ela merece. Teremos atendimento específico para mulheres vítimas de violência doméstica, uma sala para a defensoria pública e mais uma série de elementos que deixam o local melhor”, acrescentou.

A unidade de Matinhos é a primeira a entrar em funcionamento no Estado. Estão com obras em andamento as Delegacias Cidadãs na Região Metropolitana de Curitiba – em Pinhais e Fazenda Rio Grande. Além de Paranaguá, o Governo do Estado deverá abrir, ainda neste ano, a abertura de licitação para a construção de unidades em Almirante Tamandaré, Colombo, Ivaiporã e Araucária.

OBRA – Construída em uma área de 2.268 metros quadrados, a edificação está dividida em dois pisos. No térreo estão as salas de atendimento ao público, plantão, investigação, cartório e defensoria pública. No andar superior, a estrutura abriga as salas de delegados, de reuniões, chefia e demais departamentos administrativos. Todas as etapas das obras foram acompanhadas e fiscalizadas pela Paraná Edificações.

A estrutura de acesso à delegacia conta com piso tátil alerta e dimensional para pessoas com deficiência visual ou baixa visão. As calçadas no entorno do prédio contam com guias rebaixadas. Internamente, o espaço tem elevadores e sanitários adaptados para pessoas com deficiência.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; o prefeito de Guaratuba, Nelson Justus; e o deputado estadual Alexandre Curi.

Fonte:AEN

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments