PRF lança nesta sexta-feira (27) a Operação Dia do Trabalhador nas rodovias do Paraná

por Redação JB Litoral
26/04/2018 16:34 (Última atualização: 26/04/2018)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lança à zero hora desta sexta-feira (27) a Operação Dia do Trabalhador em todo o país. Com cinco dias de duração, a operação da PRF termina no final da próxima terça-feira (1º).

Entre os focos da atuação dos policiais rodoviários federais estão o combate à embriaguez ao volante, o controle de velocidade com radares portáteis e a fiscalização de ultrapassagens proibidas. O transporte de crianças e a abordagem de motociclistas são outras prioridades, além das atividades diárias de combate a crimes.

Com reforço de servidores que atuam na área administrativa, a Polícia Rodoviária Federal desenvolverá ainda ações de educação para o trânsito.

Os horários de maior movimento devem se concentrar no final da tarde e início da noite desta sexta-feira (27), na manhã de sábado (18) e na tarde e noite de terça-feira (1º).

Com o objetivo de garantir a segurança e a fluidez do trânsito, a PRF proibiu as obras em rodovias durante o feriado, à exceção daquelas emergenciais ou que não possam ser interrompidas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Conforme portaria emitida pela PRF, caminhões bitrens com dimensões excedentes e caminhões cegonhas estão proibidos de circular em rodovias federais de pista simples no horário das 16 às 22 horas, tanto na sexta-feira (27) quanto na terça-feira (1º).

Na Operação Dia do Trabalhador de 2017, a PRF registrou 11 mortes no Paraná ao longo de quatro dias –o feriado caiu em uma segunda-feira no ano passado, e a operação teve um dia a menos. Outras 83 pessoas saíram feridas. As equipes da PRF atenderam 104 acidentes no estado.

As causas dos acidentes que resultaram em vítimas mortas foram a desatenção de motoristas e pedestres, excesso de velocidade e ultrapassagens proibidas. Das 11 mortes, sete (63,6%) ocorreram em colisões frontais.

Deixe um comentário