Programa Mais Médicos reforça Saúde da Família em Guaratuba

por Redação JB Litoral
04/04/2014 00:00 (Última atualização: 04/04/2014)

NULL

Cinco argentinos e uma brasileira, formada no país vizinho, todos do Programa Mais Médicos do Governo Federal, já estão atuando em Guaratuba na atenção básica (Estratégia Saúde da Família). Veja a escala completa em cada unidade.

Eles cumprirão turnos de 40 horas semanais. A brasileira Claudia Martins atenderá na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Piçarras. Ernesto Aníbal Garcia Ponce, na UBS Cohapar. Kanaus Marcos Damian, na UBS Mirim. Mirta Del Carmen Niveyro, na UBS Coroados. Ulises Rafael Szmir, vai cumprir uma escala na área rural atendendo duas vezes por semana cada localidade polo: Descoberto, Pedra Branca de Araraquara, Limeira e Cubatão.

O secretário de Saúde, Alex Elias Antum, comemora a vinda dos profissionais e afirma que pela primeira vez desde que assumiu o cargo, em janeiro de 2011, conseguiu completar as escalas nas unidades de saúde do município. Aos médicos enviados pelo Governo Federal se somam sete profissionais do quadro do município, sendo dois contratados este ano através do concurso público, e ainda aos especialistas que atendem no centro de Especialidades.

O Correio do Litoral.com conversou no adia 26 do mês passado com Alex Antum. O secretário atendeu a reportagem enquanto atendia diversas ligações por telefone e conversava com membros de sua equipe sobre diversos assuntos – todos urgentes. Em duas das ligações, estava acertando a vinda de mais um profissional do Programa Mais Médicos, o que, dependendo da burocracia, poderá completar o pedido de seis feitos por Guaratuba no Ministério da Saúde.

Alex comentou que os cinco médicos já estão “bem instalados e satisfeitos”. Como em todos os municípios, Guaratuba banca apenas um auxílio-moradia e um auxílio-alimentação, o que representa uma despesa de R$ 2.500,00 por mês para cada. O governo federal paga R$ 10 mil de salário. Para os médicos aprovados em concurso que estão sendo chamados e os que foram contratados em regime temporário em 2013, os salários são um pouco acima de R$ 12 mil iniciais.

Deixe um comentário