Promessa de Estudo de Impacto Ambiental de 2013, feito por Richa não saiu do papel

por Redação JB Litoral
04/08/2017 20:24 (Última atualização: 04/08/2017)

Foto - Daniel Castellano - Gazeta do Povo

PR-405 EM GUARAQUEÇABA

Na semana passada, o JB trouxe a reivindicação que uniu sociedade, Igreja Católica e Poder Público, para melhoria da pavimentação da PR-407, único acesso terrestre para a cidade de Guaraqueçaba e, após a edição, procurou o Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Notícias (AEN) e do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) para saber da promessa feita pelo governo Beto Richa, feita em 2013, de iniciar estudos para a obra.

A princípio a reportagem fez contato com a AEN e a pessoa que atendeu foi taxativa ao afirmar que “não havia nenhum interesse em responder às perguntas sobre a obra” e limitou-se dizer que o DER é quem deveria ser procurado. Mesmo assim, a reportagem enviou mensagens eletrônicas com quatro questionamentos para a AEN e DER. Foram eles: Qual a atual situação da possível revitalização da PR-405, prometida desde 2013 pelo Governador Beto Richa? Há alguma noção de prazo para que as obras sejam iniciadas e concluídas? Como é feita atualmente a manutenção da via em questão pelo DER? Como o Governo do Estado interpreta esta mobilização da sociedade, líderes religiosos e forças políticas de Guaraqueçaba exigindo a melhoria imediata da via? Entretanto, até o fechamento desta edição não houve nenhuma resposta de ambos os setores do Governo do Estado.

Vale lembrar que em janeiro de 2013, após sua reeleição como governador, Beto Richa esteve na cidade assinando o convênio da construção de 30 casas para pescadores e anunciou, também, o início dos Estudos de Impacto Ambiental que trocariam a pavimentação de cerca de 76 km da PR-405.

“Estamos resgatando a dignidade do povo do Litoral, que necessita da atenção do poder público”, afirmou o governador em matéria veiculada pela AEN.

 

Recursos de R$ 1,1 milhão EIA-RIMA

 

Na época, presente na cerimônia, o Secretário de Infraestrutura e Logística, que permanece até hoje no cargo, José Richa Filho, destacou que o Estado iria investir R$ 1,176 milhão para Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto do Meio Ambiente (EIA-RIMA) e Plano Básico Ambiental (PBA).

“Por ser área ambiental, o estudo vai estabelecer quais cuidados serão necessários para execução da obra”, afirmou Pepe Richa. Segundo o gestor, o estudo seria concluído em 12 meses, ou seja, até 2014. Passados mais de quatro anos da promessa a obra ainda não saiu do papel.

Promessa de Estudo de Impacto Ambiental de 2013, feito por Richa não saiu do papel 2

Promessa de Richa em 2013 de começar os estudos para início da obra

Iniciando seu mandato, a Prefeita Lilian Narloch Ramos (PSDB), aliada de Beto Richa, falou da difícil realidade vivida pelos moradores e visitantes que usam a PR-405 para vir até a cidade. “A pavimentação da estrada representa o resgate da dignidade da nossa população”, disse a prefeita que encerrou o mandato sem ver a obra iniciada. O também Ex-prefeito da cidade, Riad Zahoui (PMDB), o Ariad, ressaltou o pessimismo em relação à obra na reportagem da semana passada.

 

 

 

“Infelizmente a estrada, que é de responsabilidade do Estado, está abandonada. Sabemos que existe uma equipe treinada e experiente do Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná (DER-PR), no entanto, apesar do esforço, não é o suficiente. A conservação da via se torna difícil pelos equipamentos e patrulha existentes, com dois ou três caminhões e uma máquina que, muitas vezes, quebra, algo que dificulta o trabalho do poder público”.

 

Ariad Junior: PR-405 no orçamento de 2018

 

Promessa de Estudo de Impacto Ambiental de 2013, feito por Richa não saiu do papel 3

Prefeito Ariad Junior e o pai Riad com governador Beto Richa, dia 6 deste mês. Estrada não foi discutida. Foto/Reprodução Facebook

No dia 6 deste mês, o Prefeito Hayssan Colombes Zahoy (PMDB), o Ariad Junior, esteve com seu pai, Ariad, no Palácio Iguaçu com o Governador Beto Richa e o Deputado Reinhold Stephanes Junior e, em razão da visita, a reportagem questionou se havia cobrado do governador a obra de acesso a Guaraqueçaba.

O prefeito disse que, naquela ocasião, foi apenas se apresentar ao governador como prefeito eleito de Guaraqueçaba e não tratou de assuntos específicos.

Entretanto, garantiu estar providenciando um novo agendamento para levar ao governador novas propostas e reivindicações da comunidade, inclusive  a solicitação de incluir no orçamento do Estado, a pavimentação da PR 405.

 

Questionado sobre qual seria sua posição a respeito da obra nestes 18 meses que governará, na gestão de Richa, Ariad Junior disse que sua posição é a de defender os interesses da cidade. Espero que ele se sensibilize com a gente e inclua no orçamento de 2018 esta pavimentação, estamos conversando com nossas lideranças políticas, empresariais e comunitárias para estabelecer um plano de atuação política junto à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística e à diretoria do DER- PR de maneira que os estudos, relatórios e projetos de engenharia efetivamente componham o orçamento do Estado”, concluiu.

 

Promessa de Estudo de Impacto Ambiental de 2013, feito por Richa não saiu do papel 4

Depois de quatro anos estrada continua do mesmo feito e estudo ficou só na promessa. Foto/ Daniel Castellano. Gazeta do Povo

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário