PSDB não existe em Paranaguá. Provisória foi destituída em julho, informa o TRE

SÉRIE CONJUNTURA POLÍTICA NO LITORAL  – PSDB não existe em Paranaguá. Provisória foi destituída em julho, informa o TRE

por Redação JB Litoral
09/01/2015 09:00 (Última atualização: 09/01/2015)

NULL

  Dando sequência à série de reportagens intituladas “Conjuntura política no litoral”,que demonstra a situação de cada agremiação partidária na cidade, tendo como fonte de informação sua representação no Paraná ou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), nesta edição, o JB traz o partido que perdeu a presidência da República para a presidenta Dilma Rousseff (PT),o PSDB do governador do Paraná Beto Richa.

  Com uma Comissão Provisória formada em junho de 2012, através de consenso, com pouco mais de dois anos, foi destituída pela Direção Estadual do PSDB, que participou das últimas eleições gerais realizadas em outubro, sem nenhuma representatividade em Paranaguá.
  Mesmo com candidato local disputando uma vaga para Câmara Federal, através do seu único representante na Câmara Municipal, o vereador Eduardo Francisco Costa de Oliveira, o partido fez uma ampla e vitoriosa campanha para reeleição do governador na cidade e no litoral, obtendo uma expressiva vantagem sobre os seus principais adversários, os senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT).

  Através de pesquisa no endereço eletrônico do TRE-PR, a reportagem do JB constatou a composição da Comissão Provisória, destituída no dia 18 de julho deste ano. A Provisória tinha como presidente, o ex-deputado estadual, Alceu Maron Filho, como secretário, o advogado Mauricio Vitor Leone de Souza, como tesoureiro o empresário Djalma Antonio Andrade e os membros Ademir Scomasson, Eduardo Francisco Oliveira, Lourenço Fregonese e Nabil Mohamed Zahobi. Dos integrantes da Provisória, o advogado e secretário Dr. Maurício Vitor deixou o partido antes mesmo da destituição e atualmente se encontra filiado ao Solidariedade (SDD).

  A reportagem do JB obteve através da Assessoria de Comunicação da Executiva Estadual do PSDB, informações de que haverá uma reformulação do partido no Paraná, por meio da eleição do novo Diretório Estadual, que acontecerá em maio de 2015. Segundo a Assessoria, a eleição do deputado estadual Valdir Rossoni, atual presidente do partido para uma vaga na Câmara, deverá fazer com que outro tucano assuma a presidência, uma vez que Rossoni permanecerá em Brasília, a partir do próximo ano.Depois de eleita a executiva estadual, serão definidas as representações municipais, quer Diretórios e Provisórias, entre elas, a de Paranaguá.

 

Deixe um comentário