Quatro reeleitos e dois eleitos estão na disputa pela presidência da Câmara

por Redação JB Litoral
23/12/2016 23:27 (Última atualização: 23/12/2016)

NULL

Faltando 12 dias para a primeira votação aberta na escolha da Mesa Diretora da Câmara Municipal e seis nomes estão na briga pela presidência no Palácio Carijó, quatro vereadores reeleitos e dois eleitos, um número inédito na disputa pelo cargo em Paranaguá.

O JB procurou os 19 vereadores e conseguiu falar com 18 deles, uma vez que, apenas o mais votado nas eleições, Waldir Leite (PSC) não atendeu às ligações da redação e traz hoje o quadro para sucessão do atual Presidente Jozias de Oliveira Ramos (PDT).

De acordo com o levantamento, seis atuais vereadores lançaram seus nomes e estão buscando o apoio dos demais colegas, apesar da grande quantidade de candidaturas, aqueles que não planejam entrar na disputa, a maioria ainda não decidiu quem apoiará.

Dos atuais vereadores, pretendem assumir o comando da Casa de Leis, os Vereadores Marcus Antonio Elias Roque (PMDB), Eduardo Francisco Costa de Oliveira (PSDB), Adriano Ramos (PHS) e o atual Presidente Jozias Ramos. Entre os eleitos neste ano, está na disputa o estivador aposentado, Adilson Soares Zela (PPL), o Tucano, que retornou à Câmara depois de 12 anos de ausência e o Professor aposentado da rede estadual de ensino, Carlos Fangueiro (PSB).

Para Marquinhos Roque até o dia de votação “todo mundo é candidato”. Edu disse que está conversando com todos os vereadores, o mesmo que Adriano Ramos está fazendo, principalmente com os novos e, inclusive, já tem feito reuniões com eles. O Presidente Jozias segue na mesma estratégia de Edu. Por sua vez, entre os novatos, Tucano se diz candidatíssimo e admite que a missão “é difícil, mas não impossível”.

O estreante no Legislativo, Professor Fangueiro, mais comedido, se diz pré-candidato a presidente, uma vez que integra um grupo de vereadores que definirão o nome por meio de consenso nesta semana.
 

Quatro reeleitos e dois eleitos estão na disputa pela presidência da Câmara 3 Jaime da Saúde antecipou voto para Adriano Ramos desde outubro. Foto: JB

Apenas Jaime assumiu apoio

Com tanta candidatura sendo analisada, os vereadores que não visam entrar na disputa ainda não decidiram e nem declararam apoio para qualquer nome, exceto por Jaime Ferreira dos Santos, o Jaime da Saúde (PSD), que anunciou publicamente o apoio dois dias depois de eleito, que votaria em Adriano Ramos, caso fosse candidato ou, ainda, para um dos novos, na eventualidade de Adriano não entrar na disputa. “Adriano foi um ótimo vereador”, disse Jaime da Saúde.

O Vereador Benedito Nagel (PSD), que estava interessado na disputa pelo cargo, assumiu que retirou sua candidatura e, como há muitos candidatos, ainda não tem nenhum posicionamento definido. Esta é também a mesma postura da Vereadora Sandra Luzia Lopes dos Santos Souza (PMB), a Sandra do Dorinho, que continua analisando os muitos candidatos.

Entre os novos eleitos estão indecisos os Vereadores Fábio Santos (PSBD), Sargento Orlei (PTC), Gilson Que Não é Santo (PV), Ratinho (PSB) e Alex Alves (PTC). O Vereador Thiago Kutz (PRB), ainda não definiu seu voto, mas admite que pode ser candidato a um cargo na Mesa Diretora. Nilo Monteiro (PP) adiantou que decidirá seu voto somente no dia 1º de janeiro, por haver muita gente na briga e pretende “esperar os acontecimentos”.  O Vereador diplomado Nóbrega (PRTB) também não se decidiu, mas defende a renovação na presidência. O Vereador diplomado Luiz Maranhão (PSB) diz desconhecer quem é candidato e aposta em um nome de consenso.

 

Deixe um comentário