Rapaz é assassinado a tiros dentro de casa no Porto dos Padres

por Redação JB Litoral
17/08/2020 11:49 (Última atualização: 17/08/2020)

Ricardo Lourenço da Silva, de 29 anos, foi assassinado a tiros, na noite de domingo, 16, na Rua Alfredo Budant, Porto dos Padres, em Paranaguá. “Chetelba”, como era conhecido, estava em casa com sua companheira, quando quatro indivíduos invadiram a residência e pelo menos dois deles atiraram no rapaz, que não resistiu aos ferimentos, entrando em óbito no local.

Conforme a ocorrência, por volta das 21h35, policiais militares do 9º Batalhão, agentes da Guarda Civil Municipal e uma equipe do Samu foram acionados para atendimento de uma situação de disparo de arma de fogo, e, mas na chegada, foi verificado que Ricardo já estava em óbito. Durante as diligências, testemunhas relataram que quatro indivíduos, todos encapuzados e portando armas de fogo, derrubaram o portão da casa gritando “polícia” e ainda teriam feito dois disparos contra uma janela e uma porta, antes de invadirem a residência.

Ricardo estava na sala com a companheira e, ao correr para a cozinha, foi surpreendido por dois dos invasores, que atiraram nele no local. O grupo fugiu em seguida, deixando para trás duas bicicletas, que foram encontradas encostadas no muro da casa. Na averiguação, os policiais ainda foram informados que dois dos homens que invadiram a casa poderiam estar usando tornozeleira de monitoramento eletrônico. Foi feito patrulhamento, mas ninguém foi preso.

Enquanto os policiais militares faziam as diligências no local do homicídio, a Central de Operações do 9º Batalhão foi informada sobre outro rapaz, ferido por disparos de arma de fogo, que tinha chegado na unidade de saúde em um veículo particular. Os policiais identificaram a vítima, a qual foi alvejada por dois tiros e encaminhada para o centro cirúrgico. A situação foi registrada no mesmo boletim de ocorrência sobre a morte de Ricardo, para que seja apurada se pode ter relação com o crime.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Após a perícia no local de morte, o corpo de Ricardo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá para exames complementares e liberado em seguida, para ser providenciado o sepultamento, que está programado para a manhã de terça-feira, 18, no cemitério Nossa Senhora do Carmo.

O homicídio é investigado pela 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá, que também deslocou uma equipe para o local do crime, para dar início às diligências.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments