Ratinho Junior é eleito Governador do Paraná no 1º turno com 60% dos votos

por Redação JB Litoral
07/10/2018 00:00 (Última atualização: 07/10/2018)

Aos 37 anos de idade, o jovem Deputado Federal Ratinho Junior (PSD) é eleito o novo governador do Paraná já em primeiro turno, superando os outros nove concorrentes, confirmando todos os prognósticos e pesquisas feitas ao longo da campanha eleitoral. Antes do final da apuração oficial, ele consolidou sua vitória quando a contagem estava em 87% das urnas, com mais de dois milhões de votos.
 

Os números finais mostraram a vitória sobre a atual governadora, somando 3.147.174 votos (60,05%), Cida Borguetti (PP), que ficou em segundo lugar, obtendo 813.702 votos (15,53%), uma diferença de 2.333.472 votos. O Deputado Federal João Arruda (MDB) fez 693.780 votos (13,16%); Drº Rosinha somou 454.761 votos (8,63%); Piva (PSOL) fez 57.887 votos (1,10%); Jorge Bernardi (REDE) obteve 53.090 votos (1,01%); Geonisio Marinho 17.809 votos (0,34%); Professor Ivan Bernardo (PSTU) 6.198 votos (0,12%); Priscila Ebara (PCO) somou 4.053 votos (0,08%) e Ogier Bucchi (PSL) não teve votos computados.

O candidato do PSD passará a administrar o Estado a partir de 1º de janeiro de 2019 e seguirá até 31 de dezembro de 2022.

Em entrevista ao UOL, em setembro, Ratinho afirmou que se prepara para ser governador há 16 anos. “Eu não vim dessas oligarquias políticas, eu tive que construir um projeto político. Ninguém chega a governador de uma hora para outra: é degrau por degrau. Estou há 16 anos trabalhando para construir isso, um projeto de longo prazo”, disse.

Principais propostas

Entre suas principais promessas estão bandeiras que pretendem diminuir e desburocratizar o Estado, com a redução do número de secretarias estaduais e a participação da iniciativa privada, por intermédio das Parcerias Público Privadas (PPS). Na área da segurança ele promete criar a Cidade da Polícia, um centro integrado de inteligência entre diversos órgãos de Segurança Pública.

Na infraestrutura planeja fazer licitação internacional para atrair investimento de todo o mundo, diminuindo a chance de conluio, com consequente diminuição do preço.

No funcionalismo pretende inovar com uma gestão que buscará eficiência, transparência e participação do servidor nas decisões e capacitação para otimizar desempenho.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

E na geração de emprego irá investir em infraestrutura para atração de empresas.“Modernização tributária para garantir competividade e gerar empregos”, anunciou durante a campanha.

Quem é Ratinho Junior

Carlos Roberto Massa Junior nasceu em Jandaia do Sul, Norte Central do Paraná. É filho do apresentador Carlos Massa, o Ratinho. Formado em Marketing e Propaganda pela Faculdade Internacional de Curitiba (Facinter), pós-graduado em Direito de Estado, pela PUC, e tem cursos de especialização em Administração Tributária e Reforma Fiscal e Sociedade, e em Saúde e Educação, entre outros.

Sua carreira política se iniciou em 2002, aos 21 anos, quando foi eleito deputado estadual pela primeira vez e já dizia, à época, que um dia seria governador do Paraná. Após o primeiro mandato, foi eleito deputado federal três vezes seguidas. Em 2012, tentou se eleger prefeito de Curitiba, sem sucesso.

No ano de 2013 foi secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano na gestão de Beto Richa (PSDB), chefiando a principal pasta na distribuição de máquinas e recursos aos 399 municípios. Desde 2017 tenta construir a candidatura ao governo longe de Richa, que já estava num momento desgastante com a população e tempos depois foi preso na Operação Rádio Patrulha.

 

Deixe um comentário