Receita Federal libera entrada de carga de EPI’s no Brasil

por Redação JB Litoral
10/04/2020 19:21 (Última atualização: 10/04/2020)

Foram liberados 2,74 milhões de máscaras e 54 mil macacões. (Foto: Divulgação/Receita Federal)

A equipe da Alfândega da Receita Federal no Porto de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, liberou na manhã desta sexta-feira (10) mais uma carga de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) no Recinto Alfandegado Porto Seco Rocha TOP, em São Francisco do Sul. 

A carga chegou ao Brasil pela via aérea, proveniente da China. Sua primeira parada foi no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos, onde a equipe da Receita Federal realizou o acompanhamento e imediatamente iniciou o trânsito aduaneiro para que o deslocamento via terrestre pelo país pudesse ser realizado. 

A carga chegou em São Francisco do Sul às 10h e foi liberada às 12h40 desta sexta-feira. No total, foram liberados 2,74 milhões de máscaras e 54 mil macacões. 

O delegado da Alfândega da Receita Federal no Porto de São Francisco do Sul, auditor-fiscal Edwilson Mota, ressalta que “a Receita Federal está empenhada e não para na luta contra o COVID-19”. 

A previsão é que pelo menos um avião com carga de EPI’s chegue ao Brasil de forma regular e semanal para ser liberada pela Aduana em Santa Catarina.

Fonte: Receita Federal