Réveillon do Litoral terá queima de fogos

As sete cidades da região têm eventos de comemoração programados para os próximos dias. Ainda há imóveis para alugar e vagas em pousadas

por Redação JB Litoral
30/12/2014 14:00 (Última atualização: 30/12/2014)

NULL

A virada de ano no Litoral deve atrair mais de 2 milhões de pessoas, segundo a Associação de Hotéis, Pousadas, Restaurantes, Bares, Casas Noturnas e Similares do Litoral Paranaense (Assindilitoral). “A previsão é de que o movimento seja até 15% maior que no ano passado”, diz o presidente da entidade, Carlos Dalberto Freire. As setes cidades da região têm programação de boas-vindas para 2015, boa parte com queima de fogos no dia 31. Ainda há imóveis para alugar e vagas em pousadas.

Em Morretes, a queima de fogos será às margens do Rio Nhundiaquara, com organização do restaurante que recebe o mesmo nome. As reservas devem ser feitas pelo telefone (41) 3462-1228. As boas-vindas ao novo ano também podem ser celebradas em pousadas como a Hakuna Matata, que vai oferecer aos hóspedes a presença de DJs e open bar. 

Vizinha de Morretes, Antonina terá cerimônias particulares em restaurantes e pousadas. A Secretaria de Turismo do município não confirmou se haverá a tradicional queima de fogos na Ponta da Pita. 

Para quem gosta de celebrar o Réveillon com bastante gente e agito, Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná são opções.

Em Matinhos, as imobiliárias ainda têm casas e apartamentos disponíveis para locação e ficam de plantão até o dia 31. As diárias custam de R$ 200 a R$ 1,2 mil. Quem optar por esse destino poderá acompanhar 15 minutos de queima de fogos a beira-mar.

Em Guaratuba, as chances de conseguir um local para passar o fim de ano na praia são menores, mas existem. Algumas imobiliárias têm apenas de cinco a dez imóveis disponíveis e os preços vão de R$ 220 a R$ 1 mil a diária, ou pacotes de R$ 5 mil para dez dias com limite de doze pessoas.

 

Festa para todos os gostos no Litoral do Paraná

Se repetir o público do ano passado, as praias do Litoral do Paraná deverão contar com dois milhões de pessoas nas festas de réveillon do próximo 31 de dezembro. As sete cidades da região estão com programação preparada para turistas e moradores. Confira algumas opções:

Matinhos: segundo a prefeitura, o município terá 15 minutos de queima de fogos em quatro pontos da beira-mar: na praia brava, próximo à Rua Alvorada; na altura da Rua Londrina; no Pico da Praia Central de Matinhos e na região da rotatória da Avenida Curitiba. O trio elétrico deve ficar na Avenida Atlântica, esquina com a Rua Cambará, a partir das 21 horas. O palco vai ser instalado no final da praia brava, na Rua Itacolomi.

Guaratuba: com previsão de até 500 mil pessoas na orla da praia, haverá trio elétrico com banda na praia central das 22 horas até as 2 horas da manhã. A queima de fogos será no Morro do Cristo e deve durar 14 minutos.

Paranaguá: as festividades começam às 23 horas com show da banda Auê. A queima de fogos poderá será vista pelo público da Praça 29 de Julho à Praça de Eventos do município. Após o show pirotécnico, a banda Auê volta a se apresentar.

Morretes: a queima de fogos será no Rio Nhundiaquara. Também haverá festa no centenário Club Cruzeiro, as entradas custam entre R$ 15 e R$ 20 e a música fica por conta de DJs e banda. Para quem prefere calmaria, as pousadas e restaurantes da cidade também vão promover jantares com música. Nas pousadas Estância Maktub e Hakuna Matata, há vagas para quem quer apenas o jantar ou prefere ficar hospedado. Os preços variam entre R$ 70 e R$ 150 apenas a ceia, por pessoa. A hospedagem pode chegar a R$ 3 mil o pacote para casal.

Guaraqueçaba: a queima de fogos será acompanhada pelo público da Praça Willian Michaud, em frente à Baía de Guaraqueçaba, onde haverá uma balsa com as baterias de fogos. Também haverá apresentação da Banda Show, com “esquenta” para o carnaval.

Pontal do Paraná: em Praia de Leste, Santa Terezinha, Ipanema, Shangri-lá e Pontal do Sul haverá queima de fogos organizada. O tempo de duração vai oscilar entre 10 e 18 minutos, dependendo do balneário.

Deixe um comentário