Rotam prende homem que guardava revólver raspado e colete à prova de balas em casa

por Redação JB Litoral
24/06/2020 16:29 (Última atualização: 24/06/2020)

André Luiz Onório, de 47 anos, foi preso pela Polícia Militar, na noite de terça-feira, 23, por guardar em sua casa um revólver calibre .38 com numeração raspada e um colete à prova de balas. A ação foi realizada por uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), a qual ainda apreenderam uma réplica de pistola.

Tudo começou por volta das 20h20, quando os policiais da Rotam foram in-formados pelo Serviço de Inteligência do 9º BPM, sobre um homem, morador na Rua Bento de Oliveira Rocha, Jardim Santos Dumont, que tinha em sua residência uma arma de fogo.

Imediatamente os militares realizaram patrulhamento pelo local e abordaram André, que foi localizado em frente à sua casa. Ao ser realizada a busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado com ele. Porém, quando foi perguntado sobre a vera-cidade das informações, em relação aos objetos ilícitos que estava em sua posse, ele admitiu que tinha um revólver e um colete balístico guardado na moradia.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Em seguida, os policiais foram até o imóvel e André apontou para um balcão, em seu quarto, onde estava o revólver calibre .38, sem munições. Ele também mostrou onde se encontrava o colete balístico, nível II. No local, ainda foi apreendido um estojo de munição calibre .380 deflagrada e um simulacro de pistola.

Perguntado como adquiriu os materiais, André citou o nome de um indivíduo, frequentador de sua residência, que pediu para que ele guardasse o material. Diante dos fatos, ele foi encaminhado, juntamente do material apreendido, até a Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo com sinal adulterado.