Rudão Gimenes lança pré-candidatura à prefeitura de Pontal do Paraná

por Redação JB Litoral
21/05/2020 19:18 (Última atualização: 09/10/2020)

Rudão Gimenes lança pré-candidatura à prefeitura de Pontal do Paraná 2
Esta é a primeira experiência política de Rudão Gimenes

Pontal do Paraná passa por uma situação delicada neste ano eleitoral. Apesar de as eleições municipais acontecerem em outubro, e definirem os próximos vereadores e o prefeito para a gestão de 2021 a 2024, a cidade deve, ainda, passar por outra eleição, que determinará o novo prefeito para a conclusão do mandato, até dezembro de 2020. Isto porque o chefe do Executivo eleito em 2016, Marcos Fioravanti (PSB), foi cassado. Em seu lugar está Fabiano Alves Maciel (PV), vereador e, até então, presidente da Câmara. Ele deverá conduzir o novo processo eleitoral, após ter assumido a função por determinação da Justiça, no último mês.

Com o cenário político e econômico instável, novos nomes têm surgido para a disputa eleitoral oficial, em outubro. Entre eles, está Rudisney Gimenes Filho (MDB), o Rudão, filho do ex-prefeito de Pontal do Paraná, por dois mandatos consecutivos, Rudisney Gimenes. Seu pai esteve envolvido no movimento de emancipação da cidade, em 1994, e foi eleito o terceiro prefeito do município, em 2004, exercendo a função até 2012.

O pré-candidato Rudão está em sua primeira experiência política, nunca antes tendo sido candidato a nenhum cargo público, mas garante que a vivência na área traz conhecimento para assumir a função. “Fui criado no meio político. Meu pai era médico em Pontal, se aposentou em 1994 e acabou se envolvendo no movimento de emancipação da cidade. Desde os meus 10 anos, sempre o acompanhei, mas, minha experiência política sempre foi nos bastidores”, conta.

Seguindo os passos do pai

Segundo ele, vários fatores o levaram a tomar a decisão de ingressar na política. “Nunca houve a pretensão de seguir os caminhos políticos de meu pai em nossa família, ele nunca me falou para ser prefeito, por exemplo, mas ver a dedicação dele ao município me motivou. Além disso, a necessidade de renovação política, junto à juventude, a necessidade da nossa cidade melhorar, ter uma visão de planejamento administrativo, mudar a política do nosso país, começando pela nossa cidade, tudo isso é o que me incentiva a buscar deixar minha marca em Pontal do Paraná”, diz.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Rudão Gimenes lança pré-candidatura à prefeitura de Pontal do Paraná 3
O prefeito de Pontal do Paraná Rudisney Gimenes, fala durante Rudisney é pai de Rudão e foi prefeito da cidade por
duas vezes (Foto Arnaldo Alves – SECS)

Rudão explica, ainda, que seu plano de governo será dividido em 15 pontos, entre eles: saúde, educação, investimentos, atenção ao servidor e etc. Porém, para ele, as principais necessidades do município são maior atenção à saúde e a geração de emprego e renda. “Precisamos reestruturar a saúde pública, investir em médicos especialistas para trazer profissionais à cidade. A questão da geração de emprego também é fundamental, pois Pontal do Paraná está muito precária com relação a isso, e existem formas de o município incentivar, por exemplo, dando oportunidades para as empresas locais, gastando o orçamento com empresas da cidade”, afirma. 

O pré-candidato comenta, também, sobre os atrativos turísticos no município. “A intenção é reestruturar a cidade com essa visão de necessidade de melhorias, para atrairmos o turismo. Hoje, Pontal do Paraná é uma cidade essencialmente turística, mas tem que ser bem cuidada, com atrativos, estrutura para o turista vir. Vamos deixar a orla bonita, os balneários bonitos, investir em eventos, festivais, para que a cidade seja uma referência no Estado”, diz.  

Faixa de Infraestrutura e Porto

A respeito do assunto mais comentado, tanto em nível local, quanto estadual e nacional, a execução da Faixa de Infraestrutura, Rudão se afirma “a favor do desenvolvimento sustentável”. “A gente tem que progredir, mas preservando a natureza, compensando de alguma forma”, destaca.

Ele, que é a favor da construção da nova estrada e, também, do porto na cidade, diz que o importante é realizar um estudo, como já está sendo feito, de avaliação, para encontrar a melhor forma de desenvolver o município economicamente. “A estrada é uma necessidade. Temos dificuldades de locomoção não só no período de temporada, mas durante o ano inteiro. Ela vem ao encontro com o que mais de 80% da população quer. Já o porto se torna uma consequência, temos uma situação geográfica muito boa e a estrada dá a possibilidade de termos um porto”, explica.

Sobre o porto, Rudão destaca que o novo empreendimento trará riqueza para o município. No entanto, informa que é preciso existir uma gestão que saiba gerenciar. “Tem que saber administrar isso, senão a cidade só vai colher os ônus e não os bônus do setor portuário”, comenta. “As pessoas passam por essa vida e o que deixam são seus atos. Se eu conseguir entrar na prefeitura e fizer um bom governo, vou deixar algo muito bom na memória da cidade”, conclui.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments