Secretário Estadual de Cultura se reúne com representantes dos grupos de Fandango

Prefeito Edison Kersten participou do encontro com os fandangueiros na manhã desta quinta-feira na Casa de Cultura Monsenhor Celso

por Redação JB Litoral
19/08/2016 11:18 (Última atualização: 19/08/2016)

NULL

Na manhã desta quinta-feira, dia 18, o secretário estadual de Cultura, João Luiz Fiani, esteve em Paranaguá para uma roda de conversa com os representantes dos grupos de Fandango Pés de Ouro, Mestre Romão, Mestre Brasílio e Mandicuera. O encontro aconteceu nas dependências da Casa de Cultura Monsenhor Celso.

O prefeito Edison Kersten, a presidente da Fundação Municipal de Cultura (Fumcul), Olga Maria e Castro, José Roberto Lança técnico da Secretaria Estadual de Cultura e Rogério Luis Tonetti, coordenador de Ação Cultural da Secretaria Estadual de Cultura.

O assunto principal desta roda de conversa foi a construção da Casa do Fandango na cidade. “Gosto demais de Paranaguá, foi um prazer muito grande conversar com os representantes do Fandango. Na quarta-feira eu assinei o decreto para o patrimônio imaterial do Estado”, disse o secretário estadual. “É uma briga pessoal tornar a Casa do Fandango em Paranaguá uma realidade, já que é uma dívida que o Estado tem com o Fandango”, continuou.

Mestre Nenémsio, do grupo Pés de Ouro destacou que, “foi um orgulho estar frente a frente com o senhor secretário de Cultura, com a Olga e com o prefeito Edison kersten. Para tocar o Fandango tem que gostar. Muitos falam em Fandango, mais não conhecem sua raiz, não conhecem os toques, as músicas, os instrumentos, há muita mistura no próprio Fandango. Não adianta nada viajar para vários lugares sem o conhecimento”.

Durante a conversa, Fiani destacou a aprovação da Lei dos Mestres Fandangueiros, que falta apenas a sanção do governador Beto Richa. Assim que sancionada a Lei, os Mestres estarão protegidos.

Outra novidade é a criação de um aplicativo para atender a cultura e o turismo. Foi criado o aplicativo para celular – Guia Litoral de Cultura, pela Celepar para que os turistas que viajam até o litoral do Estado conheçam a cultura e os pontos turísticos.

O aplicativo vai estar em funcionamento em dois meses aproximadamente, e neste primeiro momento estará em fase de testes em Curitiba e depois disponibilizado para baixar no celular.

Na sexta-feira, dia 19, o Fandango de Paranaguá estará em festa até domingo, dia 21, com várias atividades na Ilha dos Valadares.

 

Deixe um comentário