Seguindo determinação da Sesa, vacinação contra gripe seque para grupos prioritários

Ministério da Saúde liberou doses para todas as pessoas, mas determinação da Secretaria de Estado da Saúde é para manter campanha para grupos prioritários

por Redação JB Litoral
06/06/2017 18:13 (Última atualização: 06/06/2017)

Seguindo determinação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a campanha de vacinação contra a gripe Influenza H1N1 está mantida para os grupos prioritários em todo o Paraná, até a próxima sexta-feira (dia 9). De acordo com nota oficial publicada pelo órgão sexta-feira passada (2), a ampliação da oferta da vacina da gripe para outros grupos dependerá de análise técnica da Comissão de Infectologia e da própria Secretaria de Estado da Saúde em consenso com os municípios.

Podem se vacinar, crianças entre seis meses e quatro anos, gestantes, mulheres que tenham realizado parto há menos de 45 dias, idosos maiores de 60 anos, doentes crônicos (mediante prescrição médica), profissionais de saúde, indígenas e professores em atividade. 

De acordo com a Sesa, a meta é vacinar 90% do público alvo. Até esta sexta-feira o Paraná já atingiu 85,5% de cobertura vacinal, com 2,5 milhões de doses aplicadas. O Estado é o terceiro do país em cobertura vacinal nesta campanha.

Em Paranaguá, na semana passada os dados da vacinação contra a gripe H1N1 apontavam 23.722 pessoas vacinadas, um total de 86,78% da meta estabelecida, que é de 27.333. Os idosos estão no grupo prioritário mais vacinado, com 9.654 doses. Pacientes com comorbidade ficam em segundo lugar, com 4.864. 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Ainda conforme a Sesa, com o número de doses disponíveis não é possível atender toda a população paranaense. O órgão solicita que somente as pessoas definidas como público alvo da campanha compareçam às unidades básicas de saúde para tomar a vacina contra a gripe.
 

Da Secretariade Comunicação da Prefeitura de Paranaguá

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments