Sem feridos, igreja evangélica desaba e concessionária vai reparar os danos

por Redação JB Litoral
16/06/2020 10:43 (Última atualização: 16/06/2020)

Fotos aéreas mostram a situação da igreja após o desabamento. Ao lado, obra da nova estação elevatória de esgoto. Foto: Vinicius Araújo

Na tarde de sábado (13) a igreja evangélica Ministério Poder e Glória, que funcionava há cerca de sete anos, desmoronou, no bairro Porto dos Padres, em Paranaguá. No momento do desabamento, não havia ninguém no local e não houve feridos.

Recentemente, obras para a nova Estação Elevatória de Esgoto Guarani, da concessionária dos serviços de água e esgoto da cidade, Paranaguá Saneamento, foi iniciada no terreno ao lado da igreja. Informações iniciais da Defesa Civil Municipal dão conta de que o desmoronamento foi ocasionado pela construção.

Segundo o engenheiro, Paulo Emmanuel do Nascimento Júnior, a princípio, a conclusão é de que houve um escorregamento do solo no terreno onde ocorre a obra da concessionária e, devido à proximidade da igreja, ela acabou desabando junto. “Para a construção da nova elevatória de esgoto, a concessionária realizou uma escavação profunda e, como o lençol freático no local é muito forte, a ação das águas contra as estruturas metálicas, que estavam instaladas ao redor da obra, para conter a água, acabou ocasionando o afundamento destas estruturas e, consequentemente, um buraco muito fundo se abriu”, explica.

Ele comenta que a obra da elevatória desabou e a igreja, muito próxima do espaço, foi afetada. Porém, Paulo Emmanuel destaca que a Defesa Civil ainda está investigando outras possíveis causas para o desmoronamento e que a construção está interditada até que seja realizada a averiguação técnica.

A igreja tinha acabado de ser reformada

O JB Litoral conversou com Amanda Bugno, nora da pastora responsável pela igreja Poder e Glória, Terezinha do Rocio Silva. Emocionada, ela fez questão de demonstrar gratidão a Deus pelo fato de que o acidente ocorreu em um momento no qual não havia ninguém no templo. “Mas, infelizmente, um sonho que a pastora estava construindo aos poucos foi destruído. A igreja tinha acabado de ser reformada, com a ajuda dos fiéis”, lamentou.

Além disso, ela informou que a Paranaguá Saneamento entrou em contato com a pastora e ofereceu apoio para que os cultos continuem acontecendo. “Eles nos falaram que é para procurarmos um local e alugar, que eles vão pagar. E também vão ressarcir a igreja, construindo outra nova no lugar”, disse.

Apesar do sentimento de tristeza, Amanda destacou que todos estão se sentindo em paz. “Estamos tristes, mas ao mesmo tempo com o coração fortalecido na fé, que é o que precisamos”.

Concessionária vai reparar os danos

No mesmo dia, a concessionária divulgou uma nota lamentando o incidente ocorrido e informando que houve a danificação do imóvel vizinho, mas que não teve feridos. “A concessionária imediatamente mobilizou sua equipe para isolar a área, garantindo a segurança de todos. Os responsáveis pelo imóvel danificado foram contactados e a empresa já se prontificou a reparar todos os danos causados. As obras ficarão suspensas até que os laudos técnicos identifiquem as causas do ocorrido e seja garantida a segurança para a sua continuidade”, disse.