“Serei um vice-prefeito ativo em Morretes”, diz Vitor Bertollin

por Maisy Pires
08/12/2020 16:01 (Última atualização: 08/12/2020)

Vitor é agricultor e proprietário na empresa Hortifruti Bertolin (Foto: JB Litoral)

O vice-prefeito eleito em Morretes, Vitor Ângelo Bertollin (PSB), 58 anos, disputou as eleições do dia 15 de novembro ao lado do advogado e atual vereador Júnior Brindarolli (PSD), juntos conquistaram 4.554 votos, totalizando 45,95% dos votos válidos.

Em entrevista ao JB Litoral, Vitor contou que nasceu em Colombo, mas é morretense de coração. “Cheguei em Morretes em 1975, desde então trabalho como agricultor. Aos 24 anos casei com a Jocelia, com quem tive um filho, o Diego”.

Agricultor e proprietário na empresa Hortifruti Bertolin, se tornou um homem muito respeitado na cidade. “Sempre trabalhei na lavoura. Sofremos com a enchente em 2011, perdemos praticamente tudo, mas construímos tudo de novo. Não tenho do que reclamar, graças a Deus”, ressaltou.

Ele realiza grandes trabalhos para a igreja católica local e na região rural. Também é o criador da Festa do Maracujá e faz parte da organização da tradicional Festa do Agricultor.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Política

Questionado sobre a vida pública, Vitor disse que é a segunda vez que se envolve na política. “Disputei a eleição de 2016, também como vice, ao lado do empresário Neto Gnatta, ficamos em segundo lugar. Agora, em 2020, apareceu a oportunidade e senti que deveria me envolver para fazer uma mudança em Morretes, principalmente na área rural, pois os agricultores estão abandonados”.

Segundo o futuro vice-prefeito, falta um olhar diferenciado para a área rural. “O homem do campo não precisa de muito, vejo por mim. Tendo um postinho de saúde, iluminação e boas estradas, já estamos felizes. Sei que não será fácil, mas conseguiremos, pois falta um olhar diferenciado. E procuraremos ver as dificuldades do nosso município para trabalharmos em cima delas”, encerrou.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments