Sismup comemora aprovação das tabelas salariais dos servidores de Antonina

Presidente Rogério Lisboa parabeniza o prefeito João Domero pela iniciativa que não acontecia há 15 anos na cidade.

por Redação JB Litoral
19/03/2014 00:00 (Última atualização: 19/03/2014)

Há uma década e meia, os muitos gestores que passaram pela prefeitura de Antonina, não tinham a sensibilidade e a preocupação necessária com aqueles que fazem funcionar a administração municipal e deixaram de atualizar as tabelas salariais dos servidores. Com isso, os níveis de muitas categorias já se encontravam abaixo do valor do Piso Mínimo Nacional, porém, com a iniciativa desta nova gestão, comandada pelo prefeito João Ubirajara Lopes, o João Domero (PSC), no dia 27 do mês passado, a Câmara de Vereadores aprovou projeto enviado pelo prefeito, que contou com total apoio do Sindicato dos Servidores Municipais de Paranaguá (Sismup), único representante legal da categoria na cidade. “O servidor ansiava por este reconhecimento e correção de uma injustiça que perdurava a anos e o prefeito pôs fim nesta famigerada herança dos seus antecessores e valoriza o trabalho do servidor antoninense”, comemorou Rogério Lisboa.

O dirigente sindical adiantou que este mês marca a data-base dos servidores antoninenses e que, por força de lei, os salários do funcionalismo municipal, à partir do dia 1º de março, terão seus reajustes salariais atualizados, tendo por base o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC), que será a inflação no período de fevereiro de 2013 a fevereiro de 2014.

O presidente Lisboa informou ainda que prossegue negociação com o prefeito de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten (PMDB), e espera que às promessas feitas pela atual gestão sejam cumpridas, no que diz respeito a atualização das tabelas salariais. Da mesma forma que ocorria em Antonina, o funcionalismo municipal parnanguara está desde 2006 sofrendo situação semelhante sem que nenhum gestor que atualize as tabelas salariais. O dirigente espera o mesmo final feliz para os parnanguaras, que já ocorreu na cidade de Antonina. “Exemplos como o do prefeito João Domero devem ser seguidos pelo bom funcionamento da máquina administrativa e, mais ainda, pela valorização do trabalho daquele que faz esta máquina funcionar, que é o servidor”, defende Lisboa.

Deixe um comentário