Suspeito de assalto é morto após troca de tiros com a PM

por Redação JB Litoral
23/08/2020 12:20 (Última atualização: 23/08/2020)

Após troca de tiros com a Polícia Militar, um suspeito de roubo morreu na noite deste sábado, 22, no bairro Emboguaçu, em Paranaguá. O confronto ocorreu durante a perseguição de um veículo levado no assalto e que era ocupado por outros três comparsas do homem morto. Na ação, outro suspeito foi baleado e um menor apreendido.

Conforme a ocorrência, por volta das 19h15, quatro indivíduos, todos encapuzados, invadiram uma casa na Vila Portuária, onde estava um casal de namorados. Armados com pistola e faca, os criminosos amarraram o rapaz, de 20 anos, e o colocaram em um quarto, enquanto a moça, de 23, ficou trancada em um banheiro.

Em seguida, os assaltantes começaram a pilhagem, subtraindo da casa três aparelhos de televisão, dois notebooks, roupas, calçados e até um botijão de gás. Tudo que foi roubado, foi colocado no carro da mãe da moça, um Honda HRV, que estava na garagem.

Assim que os bandidos saíram da residência, a Polícia Militar foi avisada do roubo e, durante as diligências, as equipes policiais foram informadas que os bandidos teriam sido vistos na Rua Visconde de Nácar, no bairro Costeira, onde teriam ameaçado com um homem mostrando uma arma de fogo.

Na sequência das diligências, os policiais acabaram localizando o veículo tomado no assalto transitando pela Avenida Ayrton Senna. Os suspeitos não obedeceram a ordem de abordagem, dando início à perseguição. Ao chegarem na Rua Castro, no Emboguaçu, um dos ocupantes do Honda colocou o corpo para fora do veículo e passou a atirar, chegando a acertar o para-brisa de uma das viaturas da PM, mas ninguém ficou ferido.

De imediato os policias revidaram a agressão e, no final da Rua Jacarezinho, o Honda acabou colidindo contra o muro de uma casa e os criminosos continuaram a fuga a pé. Instantes depois, os policiais abordaram um adolescente de 16 anos e Altair Lourenço Junior, de 18, o qual foi encontrado ferido por um disparo de arma de fogo.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na sequência, os policiais localizaram Luan Patrick Pereira Gomes, de 25 anos, que foi reconhecido com o autor dos disparos contra as viaturas. Ele foi localizado baleado, no terreno de uma casa, e, imediatamente foi acionado o Samu, que, ao chegar, confirmou que o rapaz já estava em óbito. Altair foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional do Litoral, onde ficou internado sob escolta da PM.

Durante a averiguação, foi constatado que os dois suspeitos baleados já tinham histórico criminal por roubo e furto e que, durante a apreensão, o menor confirmou que Luan foi quem efetuou os disparos contra as viaturas. Segundo o adolescente, Luan estava portando um revólver calibre 38, que não foi localizado, e que ele teria falado, durante a fuga, que não iria se entregar.

Na averiguação, os militares ainda descobriram que antes da abordagem, os suspeitos estavam se deslocando para praticar outro assalto, desta vez em um posto de combustível na Vila Guarani. Nas diligências, ainda foi apurado que os objetos roubados da residência já tinham sido descarregados em uma casa, que seria do menor.

O adolescente levou os policiais até a residência, onde foi encontrado tudo que foi roubado e ainda houve a apreensão de uma réplica de pistola. Quanto ao menor, foi apurado que contra ele havia um mandado de busca e apreensão, sendo encaminhado para atendimento médico, e, posteriormente, levado para a Delegacia Cidadã, sendo acionados os agentes do Conselho Tutelar para acompanhar a situação.

O local onde ocorreu a morte de Luan foi isolado e o corpo recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML), após a perícia. Um quarto assaltante teria fugido para uma área de mangue do Rio Emboguaçu e não foi localizado.

Suspeito de assalto é morto após troca de tiros com a PM 1
Na fuga suspeitos bateram carro em poste e, após confronto, três foram baleados, sendo que um morreu no local

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments