Suspeito de assalto no Centro Histórico é reconhecido pelas vítimas e preso pela GCM

por Redação JB Litoral
15/10/2020 10:52 (Última atualização: 15/10/2020)

Um rapaz de 20 anos foi preso pela Guarda Civil Municipal, na noite de terça-feira, 13, acusado de envolvimento em um roubo na área do Centro Histórico de Paranaguá. Rebert Elias Manoel foi reconhecido pelas vítimas logo após o delito, e abordado por uma equipe de Rádio Patrulha da GCM.

De acordo com a ocorrência, as vítimas foram um rapaz de 16 anos e uma moça de 17, os quais estavam na Rua XV de Novembro, próximo ao restaurante Danúbio Azul, quando dois indivíduos fizeram a abordagem. Na ocasião, um dos bandidos fez gestos de que estava portando uma arma e foram subtraídos dinheiro e um telefone celular das vítimas.

Por volta das 21h40, uma equipe da GCM, que realizava ronda de rotina pelas imediações da Igreja Matriz, foi abordada por um rapaz, que informou sobre o assalto. O solicitante contou seu primo e uma amiga dele foram as vítimas e o casal foi orientado a se deslocar até o módulo da Guarda Civil, na cabeceira passarela da Ilha dos Valadares, enquanto a viatura iria realizar uma ronda pela região.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

No entanto, ao chegarem próximo ao módulo, as vítimas reconheceram Rebert, como um dos autores do delito, e, imediatamente avisaram os agentes da GCM que estavam na viatura. Os guardas civis agiram rápido e abordaram o suspeito, verificando que ele já tinha passagens pela polícia pelo mesmo delito e também por furto.

Rebert, que é morador na Ilha dos Valadares, acabou conduzido ao plantão da Delegacia Cidadã, onde foi autuado em flagrante pelo crime de roubo. Segundo o que foi apurado pelos agentes da GCM, o outro assaltante, que teria simulado estar armado, seria um menor, também morador na localidade insulana, mas ele não foi localizado. O dinheiro e o telefone celular não foram recuperados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments