Suspeito sobe no telhado do IML para tentar passar celular para presos

por Redação JB Litoral
29/09/2017 00:26 (Última atualização: 29/09/2017)

As revistas rigorosas que são realizadas nos familiares dos detentos que fazem visita na 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá e a colocação de grades nas áreas de ventilação das celas têm dificultado a entrada de drogas e celulares no setor de carceragem local, fazendo com que suspeitos usem da criatividade e ousadia para tentar entregar materiais que não são permitidos aos detentos.

Na madrugada de domingo, 24, quem se arriscou nesta atividade ilegal um homem de 33 anos, o qual acabou surpreendido pelos policiais civis que estavam de serviço na delegacia. Eles flagraram o suspeito em cima do telhado do Instituto Médico Legal (IML), que fica ao lado do setor de carceragem da delegacia.

A ação teve início por volta das 4 horas, quando os investigadores que estavam no plantão da delegacia desconfiaram de um barulho na parte externa do prédio. Imediatamente eles foram averiguar e durante as diligências flagraram um indivíduo em cima do telhado do IML.

Os policiais tiveram que subir na cobertura para prender o suspeito, o qual reagiu à abordagem e deu trabalho para ser dominado. Conduzido à delegacia, o detido ficou recolhido na carceragem local à disposição da Justiça.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Durante a ação foram apreendidos com o suspeito um cachimbo para fumar crack e um telefone celular com carregador. A suspeita é que ele iria arremessar o celular no telhado da delegacia, para que os presos, de alguma forma, pudessem alcançá-lo.

Segundo o que foi apurado pela polícia, o detido, que tem endereço em São José dos Pinhais, já tinha antecedentes criminais. Ele acabou autuado por dano qualificado, resistência, desobediência e por entrada de aparelho telefônico em estabelecimento prisional, na forma tentada.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments