Taxista reforma ponto e critica vereador que divulgou ter conseguido a cobertura

por Redação JB Litoral
19/02/2014 00:00 (Última atualização: 19/02/2014)

NULL

Indignado ao ler na imprensa uma prestação de contas do vereador João Carlos Alves Rodrigues, o Carlinhos da Ilha (PPS), onde afirma ter intercedido para instalação de abrigo e cobertura no ponto de táxi diante do Armazém 5 C, o taxista Maickon França, esteve na redação do JB onde desmentiu o vereador.

De acordo com Maickon França, não houve nenhuma participação de Carlinhos da Ilha nesta conquista. O taxista afirma que foi ele quem viabilizou tudo, com a ajuda de diversas pessoas. “Carlinhos que dançar com meu chapéu e com dos outros que me ajudaram”, dispara Maickon.

Segundo ele, quem o ajudou foi a Administração dos Portos de Paranaguá e Antoninas (Appa) que cedeu água, luz entre outras necessidades. “Tive o privilégio de falar pessoalmente com o superintendente da Appa, Henrique Dividino e os diretores Paulinho Dalmaz e Lourenço Fregonese, além de Guedes, Daniel e o Félix que nos ajudaram. A prefeitura também ajudou, através da secretaria de Serviços Urbanos, desde o Ageu, Jucimar, Japuca, Jafar e o secretário Marcelo Roque. A secretaria de Obras, através do secretario Juares Amates e os pedreiros que estiveram fazendo as obras. Um grande amigo do ponto que colaborou mandando colocar uma calha foi o senhor Roberto. Teve ainda o nosso prefeito Kersten que tive o privilégio de entregar algumas reivindicações da categoria. Foram essas as pessoas que nos atenderam e a minha pessoa que fui pessoalmente atrás de todas essas ajudas”, disse Maickon. Sobre a cobertura que o vereador Carlinhos da Ilha disse ter intercedido, o taxista esclarece que foram o Ageu e o Jucimar que conseguiram. Eles procuram, pintaram e levaram até o ponto, onde ele e outros taxistas instalaram e parafusaram a cobertura.

A obra de reforma no ponto de táxi começou em dezembro e encerrou no dia 7.

Deixe um comentário