TCU suspende ampliação sem concorrência do TCP

por Redação JB Litoral
13/09/2013 00:00 (Última atualização: 13/09/2013)

NULL

 O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão da ampliação, sem concorrência, do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP).

 A autorização para a expansão tinha sido concedida pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), sob administração do governo paranaense.

 Criado em 1998, TCP é fruto de consórcio de empresas brasileiras e internacionais.

 O TCU apontou que o TCP já havia sido beneficiado, em 2008, por um aumento do tamanho de sua área com a construção de um berço de atracação, sem que isso passasse por licitação. Agora, em 2013, o terminal ganharia uma nova área, outra vez, sem concorrência.

 Segundo o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, a determinação do Tribunal será cumprida e serão dadas explicações sobre a ampliação. A ampliação antiga foi consolidada antes de sua gestão, afirma. A atual ainda não foi referendada e ficará suspensa até a decisão final.

 A capacidade atual do TCP, de 1,2 milhão de contêineres de TEUs, estava sendo ampliada em 20%. Essa obra não foi afetada pela medida, que visa especificamente a uma nova área de 28 mil m².

Fontes: Portogente e Folha de S. Paulo

Deixe um comentário