Terminais de Paranaguá recebem certificação de segurança

As empresas – Cargill, Centro Sul, Louis Dreyfus, Cotriguaçu, Fospar, Transpetro e Interalli receberam as certificações

por Redação JB Litoral
07/11/2014 11:00 (Última atualização: 07/11/2014)

NULL

Representantes das Comissões Nacional e Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos e Cesportos) entregaram nesta quinta-feira (06), em Paranaguá, sete certificados de cumprimento das exigências código internacional de segurança na atividade portuária ( ISPS Code).

As empresas – Cargill, Centro Sul, Louis Dreyfus, Cotriguaçu, Fospar, Transpetro e Interalli receberam as certificações. Com isso, já são 21 terminais portuários, em Paranaguá, certificados pelas normas internacionais de segurança.

Para receber as certificações, as empresas passam por uma avaliação de riscos, elaboração e aprovação do plano de segurança e cumprimento do plano. Entre as vantagens de receber a certificação está o ganho comercial e financeiro, uma vez que os custos operacionais caem um pouco com descontos oferecidos pelas seguradoras.

As normas internacionais de segurança estabelecem uma série de medidas que visam garantir a segurança na área portuária. Ao todo, são 91 itens avaliados que abrangem áreas como controles de acesso, segurança na interface porto-navio e segurança das instalações.

O coordenador da Cesportos no Paraná, delegado federal Sérgio Luís Stinglin de Oliveira, disse que os terminais em Paranaguá apresentam uma situação confortável, em comparação com outros portos. “Todos têm trabalhado em um objetivo comum, que é o desenvolvimento da segurança na atividade”, afirmou Oliveira.

O Capitão de Mar-e-Guerra e, representante do Ministério da Defesa da Marinha do Brasil na Conportos, Cláudio da Silva Marques, disse que o trabalho das empresas certificadas está apenas começando. “Este certificado tem validade de cinco anos e, para continuarem com ele, cada empresa precisa fazer um trabalho contínuo de cumprimento das normas”, disse.

INVESTIMENTOS – A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) deverá passar por uma auditoria da Conportos no próximo ano. De acordo com o diretor de engenharia e manutenção, Paulinho Dalmaz, a empresa está trabalhando intensamente nas melhorias de seus sistemas de segurança para atender todas as normas exigidas.

“Estamos investindo perto de R$ 85 milhões em segurança nos Portos do Paraná. Deste total, o montante mais significativo é o dedicado ao sistema de monitoramento e controle, cuja licitação acaba de ser homologada”, disse. Só neste projeto, a Appa está investindo R$ 30 milhões em recursos próprios.

Além disso, estão sendo requalificados os sistemas de iluminação do Porto e novos Data Center e prédio de acesso de pessoas ao cais comercial estão sendo construídos. “Neste momento que a Conportos entrega estas declarações, temos a certeza de estarmos conseguindo cumprir nossa missão de transformar o Porto de Paranaguá no melhor Porto do Brasil”, disse Dalmaz.

O gerente da Cotriguaçu em Paranaguá, Rodrigo Coelho, disse que as certificações representam um marco na história dos portos. “Fica claro que só possível alcançar avanços significativos quando todos os atores do sistema entenderam que era preciso trabalhar em regime de parceria”, afirmou.

 

Deixe um comentário