TSE e parlamentares discutem adiar as eleições

por Redação JB Litoral
17/06/2020 11:23 (Última atualização: 17/06/2020)

Partidos poderão solicitar à Justiça Eleitoral o registro dos candidatos até 26 de setembro

A discussão sobre o adiamento ou não das eleições municipais ainda está longe de acabar. Apesar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), especialistas da área e parlamentares estarem empenhados em resolver o assunto durante uma reunião na última terça-feira (16), ainda não há uma definição para o assunto.

 As eleições municipais estavam previstas para acontecer em outubro, porém, devido à pandemia do coronavírus, a mesma deve ser adiada. Tradicionalmente realizado em outubro, o pleito neste ano deve ocorrer entre 15 de novembro e 20 de dezembro, mas a data ainda será definida pelo Congresso Nacional. 

 Além disso, na reunião foram discutidas medidas para garantir a segurança das pessoas no momento da votação como horários estendidos e definição de períodos específicos para a população vulnerável. Os envolvidos ainda analisam a possibilidade de não usar a biometria no próximo pleito como medida de higiene.

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, declarou que o ideal é que a definição da nova data das eleições seja feita até 30 de junho. Ele ainda falou da possibilidade de criação de uma cartilha de orientação para eleitores e mesários sobre como se comportar no dia da votação. “Esse foi um encontro interessante entre ciência, direito e política com a proposta de encontrarmos a melhor solução para o país”, definiu Barroso.