Vacinação contra H1N1 segue e terá “Dia D” no próximo sábado

Meta é imunizar 35 mil pessoas até o dia 20 de maio. Vacina está disponível nos postos de saúde, exceto os que funcionam 24 horas.

por Redação JB Litoral
28/04/2016 06:00 (Última atualização: 28/04/2016)

NULL

A vacinação contra a gripe H1N1 começou em Paranaguá na última segunda-feira (25) e segue até 20 de maio. Entretanto, o “Dia D” escolhido para massificar a imunização foi o próximo sábado (dia 30). As doses estão disponíveis em todos os postos de saúde do município, exceto os que funcionam 24 horas.

As unidades funcionam das 8h às 17h e fecham para almoço, com horário variando de 11h às 14h. Na sede da Secretaria Municipal de Saúde, na avenida Gabriel de Lara, também estão sendo disponibilizadas as doses. A vacinação nas colônias e ilhas de Paranaguá ocorrerá entre 2 e 6 de maio.

A meta é imunizar 35 mil pessoas da cidade. O público-alvo são aquelas com idade superior a 60 anos, crianças de seis meses até 5 anos incompletos, gestantes, mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias e portadores de doenças crônicas. Neste caso, podem receber a dose diabéticos, cardiopatas ou doentes renais, desde que apresentem indicação médica.

“Por determinação do prefeito Edison Kersten nossa equipe está bastante empenhada para conseguirmos vacinar o maior número possível de pessoas de nossa cidade contra a H1N1. Isso é importante porque quem é vacinado tem muito menos complicações, o que é vital para idosos, crianças e doentes crônicos”, observa Luciana Soares Calegari Haddad, responsável pelo Departamento de Epidemiologia, da Secretaria Municipal de Saúde.

Vale lembrar que em doenças agudas febris moderadas ou graves recomenda-se adiar a vacinação até que seja resolvido o quadro. O intuito é que não seja atribuída à vacina a manifestação da doença. Quem tiver alergia ao ovo de galinha também pode ter reação e, neste caso, o indicado é não receber a dose.

Deixe um comentário