Votos de candidata são validados e PP deve reeleger vereador Thiago Kutz

por Redação JB Litoral
25/11/2020 21:44 (Última atualização: 26/11/2020)

Com recontagem Kutz deve assumir vaga como reeleito

O julgamento realizado na quarta-feira (25) no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR) alterará o quadro de vereadores eleito, em Paranaguá, no dia 15 e deve reeleger o vereador Thiago Kutz, aumentando uma vaga a mais para o PP.

A chapa disputou a eleição para Câmara Municipal com 23 candidatos, divididos em 16 homens e 7 mulheres, entre eles os vereadores Nilo Monteiro e Thiago Kutz.

No final da apuração, divulgada depois das 23:30 horas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o partido obteve 6.835 votos em seus candidatos sem contar os dados apenas para legenda do PP, conquistando duas cadeiras no Palácio Carijó, o vereador reeleito Nilo Monteiro com 1.486 votos e Bruno Gomes Miguel Renosto, o Bruno do Idamir, que obteve 1.408.

Com 1.203 votos, o vereador Kutz ficou como primeiro suplente, entretanto a candidata Sueli Francisca Umbelino, a Kalinka, que recebeu 23 votos, estava com o registro de sua candidatura indeferida com recurso, pela questão de alfabetização.

Um teste realizado no Cartório Eleitoral, comprovou que a candidata era alfabetizada e seus votos foram validados gerando a derrubada do indeferimento.

Esta decisão alterará a somatória e distribuição dos votos e o TRE fará um reprocessamento da votação, que deverá resultar em mais uma cadeira para o PP, uma vez que Kutz ficou na primeira suplência por falta de 15 votos para conquista da sua reeleição.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

A sua inserção na nova Câmara que assumirá em 2021, deverá fazer com que algum partido perca o vereador eleito e anunciado dia 15.

Recontagem tira uma vaga do Podemos

Votos de candidata são validados e PP  deve reeleger vereador Thiago Kutz 2
Após ser eleito com mais de 700 votos, Jean perdeu a vaga para Kutz

Nesta quinta-feira (26) no reprocessamento feito pelo TRE, o Podemos, que alcançou média de votação de 2.733,2 e elegeu cinco vereadores, enquanto que o PP elegeu dois com uma média de 2.728,33, com a validação dos 23 votos, o partido ultrapassou o Podemos e foi para 2736 de média.

Com isso, o vereador Jean Domingues, que havia sido eleito com 703 votos por conta da expressão votação do Podemos, perdeu a vaga para Kutz

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments